Escolha as suas informações

Uma instituição chamada Benfica
Opinião Desporto 2 min. 12.07.2021
Vieira detido

Uma instituição chamada Benfica

Vieira detido

Uma instituição chamada Benfica

Foto: Lusa
Opinião Desporto 2 min. 12.07.2021
Vieira detido

Uma instituição chamada Benfica

Sérgio FERREIRA BORGES
Sérgio FERREIRA BORGES
Tudo isto é irritante porque, se conheciam tantas coisas, porque razão as esconderam durante anos, alienando a sua obrigação de noticiar aquilo que é do interesse público?

Finalmente, o presidente do Benfica foi apanhado, depois de muitas investigações e muitas denúncias. E, pelos vistos, a imprensa de Lisboa já conhecia o assunto, há muito tempo.

Luís Filipe Vieira foi detido, para explicar ao juiz Carlos Alexandre as inúmeras irregularidades financeiras, onde deixou as suas impressões digitais. Não foi grande surpresa, sobretudo, depois de coisa semelhante já ter acontecido com Joe Berardo.

A imprensa lisboeta e as televisões, depois de terem encenado algum espanto, nas horas subsequentes à detenção começaram a debitar pormenores das muitas fraudes que o Ministério Público inculpa a Luís Filipe Vieira e aos seus cúmplices. Tudo isto é irritante porque, se conheciam tantas coisas, porque razão as esconderam durante anos, alienando a sua obrigação de noticiar aquilo que é do interesse público? É uma pergunta que vai ficar sem resposta, como já aconteceu em muitos outros casos. Mas eu tenho uma explicação.

Essa comunicação sediada em Lisboa, onde trabalhei mais de 40 anos, vive obcecada com a ideia de ver o presidente do FC Porto na cadeia, à custa de uns mitos que designa por "apito dourado", "fruta" e outras coisas, cujo real significado nunca foi explicado. Parece que tudo isto tinha a ver com a compra da consciência de alguns árbitros.

Mas deixo aqui uma reflexão para os benfiquistas: já repararam que, dos últimos quatro presidentes, três tiveram problemas com a justiça?

A verdade é que, até hoje, esse desejo da imprensa lisboeta nunca foi cumprido, porque nunca nada foi provado. Mas, ao longo dos anos, muitos outros casos foram escondidos, como o de Luís Filie Vieira, na esperança estulta de que a desdita acabasse por atingir o presidente do FC Porto, porque isso, para a tal imprensa, seria muito mais importante.


Luís Filipe Vieira em prisão domiciliária. Caução de três milhões de euros
Luís Filipe Vieira vai ficar em prisão domiciliária até pagar uma caução de três milhões de euros, decidiu este sábado o juiz Carlos Alexandre.

Finalmente, o presidente do Benfica foi apanhado, depois de muitas investigações e muitas denúncias. E, pelos vistos, a imprensa de Lisboa já conhecia o assunto, há muito tempo. Como se costuma dizer nestas alturas, deixemos a justiça cumprir o papel que lhe está conferido e, a seu tempo, veremos até onde vão as responsabilidades de Vieira.

Tenho pelo Benfica estima e reconhecimento pela sua História, apesar de ser um portista ferrenho, como já aqui me confessei. Este episódio não afecta a minha consideração, pela grande instituição que é o Benfica. Mas deixo aqui uma reflexão para os benfiquistas: já repararam que, dos últimos quatro presidentes, três tiveram problemas com a justiça? Refiro-me a Manuel Damásio, Vale e Azevedo e agora a Luís Filipe Vieira. O único que escapou foi Manuel Vilarinho. E esses três homens foram eleitos pelos sócios. Como é possível escolher gente tão problemática, quando o Benfica já teve presidentes de grande quilate, como Maurício Vieira de Brito, Duarte Borges Coutinho e Fernando Martins, entre muitos outros? Só há uma resposta possível - os sócios devem andar distraídos.

(Este autor escreve de acordo com o antigo Acordo Ortográfico.)


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas