Escolha as suas informações

Único treinador só com vitórias na Liga BGL é português
Desporto 2 min. 20.08.2019 Do nosso arquivo online

Único treinador só com vitórias na Liga BGL é português

Carlos Fangueiro não quer ouvir falar de derrotas.

Único treinador só com vitórias na Liga BGL é português

Carlos Fangueiro não quer ouvir falar de derrotas.
Foto: Christian Kemp
Desporto 2 min. 20.08.2019 Do nosso arquivo online

Único treinador só com vitórias na Liga BGL é português

Álvaro CRUZ
Álvaro CRUZ
Carlos Fangueiro e o Union Titus Pétange contam por vitórias os jogos disputados no principal campeonato do futebol luxemburguês. O técnico luso mostra-se satisfeito com as exibições da sua equipa, mas trava qualquer tipo de euforia lembrando que a competição ainda só vai na terceira jornada.

"Ganhar é sempre importante para qualquer equipa porque aumenta consideravelmente os níveis de motivação e confiança do grupo. Trabalhar sob vitórias torna-se sempre mais fácil e agradável para todos", explica o treinador português.

As vitórias por 3-2 no campo do Racing e 2-1 em Rosport, ambas fora de portas, enchem de satisfação o técnico luso que não poupou elogios aos seus jogadores: "O grupo tem mostrado uma grande concentração e vontade de ganhar, não só nos jogos, mas também nos treinos. A atitude do grupo tem sido excelente a todos os níveis e isso tem tido uma repercussão fundamental nos bons resultados obtidos", congratula-se. 

No terceiro lugar da classificação com seis pontos e um jogo a menos frente ao F91 Dudelange - adiado devidos aos compromissos europeus do campeão - o Titus Pétange assume-se como um clube mais ambicioso esta época. "O grande objetivo da equipa é terminar nos cinco primeiros lugares da classificação, consolidando a nossa posição entre a elite do futebol grão-ducal. Temos confiança na qualidade dos nossos jogadores e em toda a estrutura do clube, mas é fundamental manter os pés bem assentes no chão e ser humilde para continuar a lutar  pelos três pontos em cada jogo", precisa.

Sábado, às 18h30, o Titus Pétange recebe o vizinho Rodange, último classificado sem qualquer ponto, no arranque da quarta jornada da Liga BGL. Um dérbi que o treinador português prepara ao detalhe porque, "neste tipo de encontros, o resultado é sempre uma incógnita", sublinha.

"O facto de eles terem averbado três derrotas consecutivas não quer dizer que o jogo seja fácil. Longe disso. Temos de ser iguais a nós próprios e respeitar o adversário. Depois da saída do treinador, a tendência dos jogadores do Rodange, e na generalidade das equipas, é sempre de superação. Para além do mais, a grande rivalidade entre os dois clubes acaba por tornar estes dérbis sempre bastante disputados, cujo resultado é sempre difícil prever", explica.

"No entanto, tudo vamos fazer para conquistar os três pontos diante dos nossos sócios e simpatizantes. Vai ser o nosso primeiro jogo em casa e nada melhor que os três pontos para continuarmos na senda das vitórias", remata.

 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

"Vamos deixar a pele em campo em cada jogo, até ao final do campeonato. Para conseguirmos a manutenção, temos que fazer da união a nossa força e conquistar os pontos necessários para não descermos de divisão". É desta forma que Cleidir Neves, médio do Sandweiler, resume a situação da sua equipa, que com oito pontos ocupa o penúltimo lugar da classificação no campeonato da Promoção de Honra.
Cleidir Neves, médio do Sandweiler (de vermelho), acredita na manutenção do Sandweiler na Promoção de Honra.
O líder Jeunesse desloca-se a Rumelange, enquanto o Fola, segundo classificado, acolhe o Mondorf-les-Bains. O F91 Dudelange, principal candidato ao título, viaja até Differdange e o Niederkorn defronta o Etzella, uma das revelações do campeonato.
Jeunesse e Fola, eternos rivais da cxidade de Esch-sur-Alzette,