Escolha as suas informações

Toppmöller quer surpreender Gattuso no arranque da Liga Europa
Dino Toppmöller e os seus jogadores querem surpreender o AC Milan, hoje, no estádio Josy Barthel, no arranque da Liga Europa.

Toppmöller quer surpreender Gattuso no arranque da Liga Europa

Foto: Ben Majerus
Dino Toppmöller e os seus jogadores querem surpreender o AC Milan, hoje, no estádio Josy Barthel, no arranque da Liga Europa.
Desporto 20.09.2018

Toppmöller quer surpreender Gattuso no arranque da Liga Europa

Dino Topmöller, treinador do F91 Dudelange, garante que a sua equipa não tem nada a perder hoje à noite no Josy Barthel, frente ao todo poderoso Milan, e que vai jogar 'olhos nos olhos' com o adversário. Ao contrário, Gennaro Gattuso, homólogo do Milan, diz que a sua equipa tem tudo a perder.

"Estamos tranquilos, mas confiantes como nos jogos contra o Legia e o Cluj. Não temos nada a perder", vinca o técnico alemão com serenidade, na conferência de imprensa realizada ontem no estádio Josy Barthel.

"É um momento único para todos. Temos de dar tudo emcampo e jogar com as nossas armas. Actualmente, o Milan não é a super equipa do final do século passado, da qual me tornei adepto, sobretudo por causa do grande jogador que era Roberto Baggio. Hoje a realidade é outra. No entanto, temos os pés bem assentes no chão, mas vamos tentar surpreender o adversário e tentar conquistar pelo menos um ponto", avisa.

"Jogadores como Gonzalo Higuaín vão ter uma atenção especial por parte dos nossos defesas centrais, mas nos jogos anteriores eles cumpriram a sua missão na integra. Acredito que também vão estar à altura deste encontro", esclareceu.

Sobre o 'onze' titular, Toppmöller não revelou os nomes, mas admitiu que as grandes dúvidas se prendem com a escolha do guarda-redes; Joe Frising ou Bonnefoi, e do lateral direito; entre Malget ou Jordanov.

Gattuso diz estar informado sobre o F91 Dudelange.
Gattuso diz estar informado sobre o F91 Dudelange.
Foto: Serge Daleiden

Gennaro Gattuso: "Temos tudo a perder"

Por seu turno, o técnico milanista disse que a sua equipa "tem tudo a perder" frente ao Dudelange. Gattuso, emblemático jogador dos "rossoneri", confessou estar informado sobre as qualidades do campeão luxemburguês, e foi esclarecedor: "Uma equipa que elimina o Legia e o Cluj, tem forçosamente que ter qualidade. Sabemos que são uma equipa ofensiva, que procura jogar em profundidade e que Sinani tem um excelente pé esquerdo, capaz de desequilibrar  a qualquer momento do jogo. O estádio é pequeno e o adversário já não é uma surpresa para ninguém. Mas uma equipa como a nossa tem de jogar sempre para ganhar", rematou o treinador que justificou ainda o facto de não ter treinado no relvado do estádio Josy Barthel: "Com todo o respeito que o Dudelange merece, preferimos treinar em Milanello, para evitarmos ser observados quer pelo adversário quer pela grande quantidade de público que segue a equipa. É uma estratégia que decidimos adotar nos últimos anos", rematou.

Álvaro Cruz

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.