Escolha as suas informações

Tenista chinesa Peng Shuai nega alegações de abuso sexual
Desporto 20.12.2021 Do nosso arquivo online
Polémica

Tenista chinesa Peng Shuai nega alegações de abuso sexual

Polémica

Tenista chinesa Peng Shuai nega alegações de abuso sexual

Foto: AFP
Desporto 20.12.2021 Do nosso arquivo online
Polémica

Tenista chinesa Peng Shuai nega alegações de abuso sexual

Lusa
Lusa
Numa mensagem em novembro, Peng revelou que teve um caso durante anos com o ex-vice-primeiro-ministro Zhang Gaoli a quem acusou de a ter abusado sexualmente numa ocasião. Um mês mais tarde desmente.

A tenista chinesa Peng Shuai disse que "nunca acusou ninguém de abuso sexual" e que a sua publicação na rede social Weibo a 2 de novembro era um "assunto privado" e que gerou "mal-entendidos" por parte de algumas pessoas.

As declarações, gravadas em vídeo, foram feitas ao órgão de comunicação de Singapura Lianhe Zaobao. A tenista esteve em Xangai a participar num evento com outras estrelas do desporto chinês, como o antigo jogador de basquetebol Yao Ming.

Na sua declaração em novembro, Peng revelou que teve um caso durante anos com o ex-vice-primeiro-ministro Zhang Gaoli a quem acusou de a ter abusado sexualmente numa ocasião. A discussão sobre a relação de Peng e Zhang foi rapidamente censurada nas redes sociais chinesas e o post original (que dizia "naquela noite não consenti e chorei o tempo todo") foi apagado.


O que aconteceu a Peng Shuai? O estranho fenómeno das pessoas que desaparecem na China
A tenista Peng Shuai reapareceu no fim de semana, após semanas sem dar notícias. Diz estar bem e quer privacidade, mas as circunstâncias do seu afastamento continuam por explicar.

No vídeo agora publicado, Peng parece intrigada quando a repórter lhe pergunta se esteve em casa em Pequim "livremente" e sem vigilância: "Porque haveria alguém a observar-me? Tenho estado em casa em liberdade".

A tenista também confirmou a autoria de uma carta que escreveu ao presidente da WTA, Steve Simon: "Escrevi a versão chinesa e, como o meu inglês não é muito bom, a CGTN publicou uma versão traduzida com o mesmo significado que o original", disse.

Nessa carta, Peng assegurou que estava "bem e descansada" e negou as alegações de abuso sexual, o que aumentou a preocupação com a jogador chinês, cujas imagens e vídeos foram distribuídas, mais uma vez através dos meios de comunicação e jornalistas próximos do governo, nos dias seguintes.

Além disso, Peng realizou uma videochamada com Thomas Bach, presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), na qual relatou que estava bem e que estava em Pequim, insistindo mais uma vez para que a sua privacidade fosse respeitada.


Peng Shuai.
Peng Shuai. WTA suspende torneios na China na sequência do caso da tenista
A tenista, de 35 anos, revelou ao mundo, no início de novembro, ter sido abusada sexualmente pelo ex-vice-primeiro-ministro Zhang Gaoli, numa publicação que foi imediatamente retirada da rede social chinesa Weibo.

A WTA decidiu a 1 de dezembro suspender os torneios que realiza na China devido à censura e às incertezas que rodeiam o caso.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas