Escolha as suas informações

Selecção portuguesa de futebol: Santos garante que fecho do mercado "não afecta" jogadores
Seleccionador garante que os jogadores estão “focados” nos jogos com Gibraltar e Suíça.

Selecção portuguesa de futebol: Santos garante que fecho do mercado "não afecta" jogadores

Foto: Lusa
Seleccionador garante que os jogadores estão “focados” nos jogos com Gibraltar e Suíça.
Desporto 2 min. 31.08.2016

Selecção portuguesa de futebol: Santos garante que fecho do mercado "não afecta" jogadores

Fernando Santos garantiu esta quarta-feira que o dia de fecho de mercado de transferências “não está a afectar” os futebolistas da selecção portuguesa, referindo que sabem “separar as águas” e estão “focados” nos jogos com Gibraltar e Suíça.

Fernando Santos garantiu esta quarta-feira que o dia de fecho de mercado de transferências “não está a afectar” os futebolistas da selecção portuguesa, referindo que sabem “separar as águas” e estão “focados” nos jogos com Gibraltar e Suíça.

“Durante o Campeonato da Europa, tivemos jogadores que mudaram de clube e isso não afetou nada. Não deixámos de ser campeões europeus. Os jogadores sabem muito bem o que e separar as águas. Tenho confiança absoluta neles. Sabem que isso não pode colidir em nada com o trabalho da selecção. Não afectou até agora e não vai afectar”, afirmou o seleccionador nacional.

Fernando Santos, que falava na conferência de imprensa de antevisão do particular com Gibraltar, acrescentou que não vai permitir aos jogadores que se ausentem dos trabalhos da seleção por causa de possíveis transferências.

“Não equaciono libertar qualquer jogador. O mercado vai fechar esta quarta-feira, por isso nenhum jogador será liberto”, frisou o técnico de 61 anos.

Na Cidade do Futebol, em Oeiras, o selecionador português voltou a negar que Portugal tenha alguma responsabilidade acrescida por ser campeão da Europa e considerou que isso só irá acontecer no Euro2020, quando defender o título.

“Agora estamos numa fase de apuramento para o Campeonato do Mundo. Queremos ser primeiros do grupo e alcançar o apuramento o mais rápido possível”, reafirmou.

Sobre o duelo com Gibraltar, Fernando Santos explicou o que o principal objetivo neste particular é dar ritmo a alguns jogadores e prepará-los da melhor forma para o jogo com a Suíça, na terça-feira, que marca o arranque da qualificação para o Mundial2018.

“Mesmo estando no início da temporada, os jogadores estão a um bom nível físico e com bons indicies de confiança. Neste jogo com Gibraltar vamos poder dar mais minutos de jogo aos jogadores que precisam de forma a estarem em melhores condições em Basileia”, disse.

Ao início da tarde, a selecção portuguesa viaja de avião para o Porto e será recebida na Câmara, onde vão ser entregues as insígnias da Ordem de Mérito pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, pela conquista do Euro2016.

“Queríamos percorrer o país todo, mas não é possível. Vamos abranger outra zona do país e vamos poder agradecer a na zona norte o apoio de nos deram no Europeu”, referiu Fernando Santos.

A taça conquistada em França irá estar em exposição no Estádio do Bessa até as 15:00 e, de seguida, irá para a Câmara do Porto e deverá voltar a ser erguida pelos jogadores da selecção nacional.

Na quinta-feira, dia do jogo com Gibraltar, a taça estará em exposição no estádio até às 16:00. O encontro terá início às 19:45.

Depois deste particular, Portugal começa a preparar o embate com a Suíça, da primeira jornada da fase de qualificação para o Mundial2018, em Basileia.

Portugal está inserido no Grupo B juntamente com as selecções da Suíça, Andorra, Ilhas Faroé, Letónia e Hungria.

 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas