Escolha as suas informações

Rui Vitória substituído por Bruno Lage no comando técnico do Benfica
Desporto 03.01.2019 Do nosso arquivo online

Rui Vitória substituído por Bruno Lage no comando técnico do Benfica

Rui Vitória deixa o Benfica no quarto lugar da I Liga, nos 16 avos de final da Liga Europa, nos quartos de final da Taça de Portugal e na ‘final four’ da Taça da Liga.

Rui Vitória substituído por Bruno Lage no comando técnico do Benfica

Rui Vitória deixa o Benfica no quarto lugar da I Liga, nos 16 avos de final da Liga Europa, nos quartos de final da Taça de Portugal e na ‘final four’ da Taça da Liga.
Foto: LUSA
Desporto 03.01.2019 Do nosso arquivo online

Rui Vitória substituído por Bruno Lage no comando técnico do Benfica

Rui Vitória deixou hoje o comando técnico do Benfica, depois de três épocas e meia e seis títulos, sendo substituído por Bruno Lage, responsável pela equipa B. Este vai assumir “provisoriamente” a liderança da equipa principal, anunciou o clube ‘encarnado’ em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa (...) que chegou a um princípio de acordo com o treinador Rui Vitória para a rescisão do contrato de trabalho desportivo com efeitos imediatos”, anunciaram os ‘encarnados’.

Um dia depois do desaire por 2-0 no reduto do Portimonense, Rui Vitória deixa o Benfica no quarto lugar da I Liga, nos 16 avos de final da Liga Europa, nos quartos de final da Taça de Portugal e na ‘final four’ da Taça da Liga.

No seu sítio oficial os encarnadados informaram ainda que “a orientação da equipa principal do Sport Lisboa e Benfica será assegurada de imediato e provisoriamente pelo treinador Bruno Lage”, divulgou o clube da Luz: “A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa que chegou a um princípio de acordo com o treinador Rui Vitória com vista à rescisão do seu contrato com efeitos imediatos ao dia de hoje”, divulgou o clube lisboeta.

Na mesma nota, o Benfica deixa uma nota de agradecimento ao treinador que, em 2015/2016, sucedeu a Jorge Jesus.

“Ao treinador Rui Vitória fica o público reconhecimento de todos os benfiquistas pelo valioso e meritório trabalho efetuado, que permitiu a conquista de dois campeonatos, uma Taça de Portugal, duas Supertaças e uma Taça da Liga”, pode ler-se.

O Benfica decidiu separar-se do treinador um dia depois do desaire por 2-0 no reduto do Portimonense, que custou ao clube a queda para o quarto lugar da I Liga.

Lusa

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas