Escolha as suas informações

Renato Sanches dispensado da seleção portuguesa devido a lesão muscular
Desporto 14.11.2020

Renato Sanches dispensado da seleção portuguesa devido a lesão muscular

 Renato Sanches (de vermelho) diz que não se sente feliz ao serviço dos campeões da Alemanhã.

Renato Sanches dispensado da seleção portuguesa devido a lesão muscular

Renato Sanches (de vermelho) diz que não se sente feliz ao serviço dos campeões da Alemanhã.
Foto: AFP
Desporto 14.11.2020

Renato Sanches dispensado da seleção portuguesa devido a lesão muscular

Lusa
Lusa
O jogador falha, assim, os embates com a França, marcado para as 19h45.

O médio Renato Sanches foi dispensado da seleção portuguesa de futebol, falhando os encontros com França e Croácia, devido a "lesão muscular", anunciou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) no seu sítio oficial.

“Renato Sanches foi, após realização de exames e avaliação clínica, dado como indisponível pela Unidade de Saúde e Performance da FPF para os encontros com a França e Croácia. O jogador foi assim dispensado”, anunciou a FPF.

O jogador do Lille falha, assim, os embates com a França, marcado para as 19h45, mais uma hora no Grão-Ducado, no Estádio da Luz, e de terça-feira com a Croácia, em Split, das últimas jornadas do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações.

Em relação ao particular de quarta-feira com Andorra, que Portugal goleou por 7-0, também na Luz, sai também da lista dos 23 eleitos o central Domingos Duarte, entrando o defesa esquerdo Raphaël Guerreiro e o médio Rúben Neves.

Na equipa francesa, a grande baixa é o avançado Kylian Mbappé, que estava em dúvida devido a problemas físicos e não entrou na lista dos 23 franceses eleitos por Didier Deschamps, divulgada pela UEFA.

Mbappé já tinha falhado o particular de quarta-feira com a Finlândia, no Stade de France, em Saint Denis, onde os gauleses perderam por 2-0.

O encontro entre Portugal e a França, da quinta jornada do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações, realiza-se hoje, a partir das 19:45, no Estádio da Luz, em Lisboa, com arbitragem do alemão Tobias Stieler.

O vencedor do encontro garante um lugar nas meias-finais, enquanto a igualdade adia a decisão para a sexta e última ronda, na terça-feira, com Portugal a jogar na Croácia e a França a receber a Suécia.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas