Escolha as suas informações

Qatar procura desesperadamente estrelas da música para atuar no mundial
Desporto 3 min. 18.11.2022
Mundial 2022

Qatar procura desesperadamente estrelas da música para atuar no mundial

Mundial 2022

Qatar procura desesperadamente estrelas da música para atuar no mundial

Foto: AFP
Desporto 3 min. 18.11.2022
Mundial 2022

Qatar procura desesperadamente estrelas da música para atuar no mundial

AFP
AFP
Rod Stewart recusou mais de um milhão de dólares para atuar no Mundial 2022. Shakira e Dua Lipa também não vão atuar. Quem poderá atuar na abertura do mundial?

Haverá estrelas de música em Doha? A questão coloca-se quando faltam dois dias para começar o campeonato do mundo de futebol no Qatar, que decorre até 18 de dezembro, e depois de vários artistas pop terem recusado participar na cerimónia de abertura, citando preocupações com os direitos humanos. 

Rod Stewart recusou mais de um milhão de dólares para atuar

Na terça-feira, o músico Rod Stewart disse ao jornal The Times que tinha sido abordado pelo rico emirado do Golfo para atuar na cerimónia de abertura do Mundial. "Ofereceram-me muito dinheiro, mais de um milhão de dólares, para atuar lá. Recusei-o. Não é correto ir", afirmou a lenda do rock britânica. A razão? "Respeito pelos direitos humanos em geral", incluindo os da comunidade LGBTQ+, explicou o músico de 77 anos de idade, autor da canção "The Killing of Georgie", escrita em 1976 e que fala sobre o homicídio de um rapaz gay. 


Ronaldo sobre os direitos humanos no Qatar. "Deveriam ter pensado nisso antes"
Embora as autoridades do Qatar neguem, várias organizações apontam para milhares de mortes naquele país, entre 2010 e 2019, em trabalhos relacionados com o Mundial.

Rod Stewart considerou que a sua recusa "é importante, porque significa que podemos dizer não ao dinheiro. Significa que não se pode comprar tudo".

Por motivos idênticos, também os veteranos The Cure disseram que não atuariam no Qatar.

Dua Lipa não negociou qualquer atuação no Mundial

O nome de Dua Lipa também chegou a ser sugerido para cantar na cerimónia de abertura, mas a estrela pop inglesa de 27 anos pôs fim aos rumores sobre a sua atuação, numa publicação na sua conta de Instagram, onde é seguida por mais 87 milhões de fãs. 

"Não vou atuar e não estive envolvida em quaisquer negociações para cantar no Qatar", escreveu a intérprete de 'Levitating', manifestando, no entanto, o apoiou à sua seleção, a Inglaterra. 

"Estou ansiosa por visitar o Qatar quando o país respeitar todos os compromissos em matéria de direitos humanos", acrescentou.

'Habitué' em mundiais, Shakira é outra baixa de peso

Apesar de não ter chegado a confirmar a sua presença no Mundial do Qatar, eram muitos os rumores de que Shakira, que já participou noutros campeonatos de futebol, atuasse na abertura da edição deste ano. 


Os agentes da cantora Shakira declararam que, afinal, a cantora não irá atuar na inauguração do mundial de futebol no Qatar, que começa dia 20.
Shakira já não vai atuar na cerimónia do Mundial 2022
A cantora colombiana é mais uma das artistas que mudou de ideias e agora se recusa a participar na cerimónia de abertura do Mundial do Qatar, perdendo uma soma milionária.

A estrela colombiana que escreveu, juntamente com a banda sul-africana Freshlyground, o tema 'Waka Waka' (This Time for Africa), música oficial da edição de 2010 do Campeonato do Mundo na África do Sul, e que, quatro anos depois atuou no Brasil, com o sucesso 'La La La', não irá para o Qatar. Foi o que a comitiva do cantor disse ao canal espanhol Telecinco e depois à agência noticiosa de língua espanhola EFE, sem dar mais pormenores.

Possíveis substitutos

O rapper norte-americano, Lil Baby, com mais de 32 milhões de ouvintes mensais em Spotify, e que colaborou com membros da banda britânica Tears for Fears numa das bandas sonoras do Campeonato do Mundo, tem-se mantido em silêncio sobre se atuará ou não em Doha. 

O rapper de 27 anos tinha indicado nas suas redes sociais, no final de setembro, a intenção de ir a Doha para participar na cerimónia de abertura. A questão que muitos agora colocam é se o artista irá desistir, face à polémica instalada em torno da realização da competição no Qatar. 

Entre os nomes apontados, que não negaram ou cancelaram a sua presença no Mundial, estão o da atriz e bailarina canadiana Nora Fatehi, o do cantor britânico Robbie Williams, que participou na cerimónia de abertura do Campeonato do Mundo de 2018 em Moscovo e o do sul coreano Jeon Jung-kook do grupo K-pop BTS.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas