Escolha as suas informações

Português Ruben Reis é o novo reforço do FC Differdange Futsal
Desporto 3 min. 09.01.2019

Português Ruben Reis é o novo reforço do FC Differdange Futsal

O jogador português de 26 anos trocou recentemente a formação do Modicus, atual terceiro classificado da primeira divisão portuguesa de futsal, pelo clube de Differdange.

Português Ruben Reis é o novo reforço do FC Differdange Futsal

O jogador português de 26 anos trocou recentemente a formação do Modicus, atual terceiro classificado da primeira divisão portuguesa de futsal, pelo clube de Differdange.
Foto: FC Differdange
Desporto 3 min. 09.01.2019

Português Ruben Reis é o novo reforço do FC Differdange Futsal

Álvaro CRUZ
Álvaro CRUZ
Trocou o Modicus, terceiro classificado da primeira liga portuguesa pelo líder do campeonato da elite luxemburguesa. Vem motivado para ajudar a equipa a conquistar títulos e quer brilhar nas competições europeias.

“Vim para o Luxemburgo para ajudar o FC Differdange a ganhar títulos. Acredito que vou ter muito sucesso no meu novo clube, onde fui muito bem acolhido por toda a gente”, resume Ruben Reis, o mais recente reforço do mercado de transferências do atual líder do campeonato da primeira divisão grã-ducal de futsal.

O jogador português de 26 anos trocou recentemente a formação do Modicus, atual terceiro classificado da primeira divisão portuguesa de futsal, pelo clube de Differdange que lidera invicto a principal competição da modalidade no Grão-Ducado.

Em quatro anos a jogar na primeira divisão portuguesa, Ruben Reis apontou mais 40 golos e passou por clubes como o Rio Ave, Vale de Cambra, Miramar, Operário dos Açores, onde foio profissional, Gondomar e, mais recentemente, o Modicus.

“Aceitei o convite do Filipe Costa, responsável do FC Differdange, que já me tinha contactado por várias vezes, e estou muito contente por ter vindo. Vou fazer todo o possível para me integrar o mais rapidamente possível no clube e ajudar os meus colegas a conquistar vitórias. Quero ser mais um a contribuir para os títulos que todos querem conquistar”, vinca.

Sobre o campeonato de futsal luxemburguês, diz “ter algumas informações” porque é amigo de Hélio Almeida, antigo treinador do FC Differdange. “Sei que o nível competitivo não é tão bom como em Portugal, mas há equipas que já jogam bastante bem e são organizadas. Aliás, essa foi a impressão com que fiquei do jogo amigável e dos treinos que tenho feito com os meus companheiros. Tenho falado com várias pessoas, existe uma grande margem de progressão a vários níveis para tornar o campeonato mais competitivo de forma a poder atrair jogadores de qualidadee treinadores também”, diz.

Não tem títulos conquistados em Portugal, mas quer começar no Luxemburgo a construir um bom palmarés: “O clube já conquistou vários títulos. Seremos sempre candidatos à vitória no campeonato e à conquista da Taça do Luxemburgo pela qualidade que existe no grupo. Temos um plantel de qualidade, bons treinadores e dirigentes competentes e responsáveis. Por isso, acho que estão reunidas todas as condições para ganharmos títulos e quem sabe, num futuro próximo brilhar nas competições europeias”, garante o novo ala do FC Differdange.

A estreia de Ruben Reis está agendada para o próximo dia 20 de Janeiro, no pavilhão de Oberkorn, no reatamento do campeonato, frente ao Sparta de Dudelange, atual 7° classificado.

O jogador garante que vai tentar não desiludir que o contratou, mas afasta qualquer tipo de pressão: “É natural que as pessoas me queiram ver jogar porque quando se chega a uma equipa são os reforços os primeiros a serem avaliados. Mas sei não vou acusar qualquer tipo de pressão. Nem mesmo em Portugal sentia, portanto, aqui também não vou sentir. Ao contrário, entrarei em campo confiante e a contar com a ajuda dos meus colegas”, garante.

Muitos portugueses entre os melhores do mundo

Sobre o fato de Ricardinho ter sido eleito pela sexta vez na carreira – quinta consecutiva – o melhor jogador de futsal do Mundo, Ana Catarina Pereira, do Benfica e da Seleção Nacional, a melhor guarda-redes, Jorge Braz o melhor Selecionador e Portugal a melhor seleção, Ruben Reis congratulou-se com estas distinções e considerou que podem funcionar como grande incentivo para todos os portugueses que praticam a modalidade por esse mundo fora: “A obtenção destes prémios é extremamente positiva para o futsal português. Estamos entre os melhores do mundo em vários setores da modalidade. Espero que possa funcionar como um grande estímulo para os jogadores e treinadores portugueses espalhados por vários campeonatos dos quatro cantos do mundo, e também no Luxemburgo”, remata.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Ricardinho no Luxemburgo: “O clube onde vou acabar não é o mais importante”
Eleito por cinco vezes melhor jogador do Mundo de futsal, Ricardinho esteve sábado no Luxemburgo com Carlos Ortiz, seu colega de equipa e segundo da hierarquia mundial, para uma jornada de divulgação da modalidade no país. Abdicou de alguns dias de férias para se dedicar à formação dos mais novos e garante que continua a jogar com a mesma alegria e entusiasmo que tinha quando começou.
Ricardinho esteve no Luxemburgo com Carlos Ortiz numa jornada de divulgação de futsal e depois seguiu para o Japão.
O português que é referência no badminton
José Gomes é um dos expoentes máximos do badminton luxemburguês das últimas décadas. Conquistou vários títulos como jogador, mas dispõe também de larga experiência como treinador. Quer ajudar os jovens a chegar o mais longe possível e lamenta que cada vez menos portugueses pratiquem a modalidade.
Dany Mota é cobiçado pela seleção luxemburguesa
Dany Mota tem 19 anos e nasceu no Grão-Ducado. O futebolista português joga há dois anos em Itália e tem sido cobiçado por vários clubes. O jovem jogador já foi abordado para representar a seleção luxemburguesa, mas o seu coração balança entre Portugal e o Luxemburgo.
Dany Mota