Escolha as suas informações

Portugal vence Espanha e está na final do Euro sub-21
Desporto 8 3 min. 03.06.2021

Portugal vence Espanha e está na final do Euro sub-21

Portugal vence Espanha e está na final do Euro sub-21

AFP
Desporto 8 3 min. 03.06.2021

Portugal vence Espanha e está na final do Euro sub-21

Foi sofrer até ao fim!!! Mas a seleção portuguesa conseguiu guardar uma vantagem conseguida de forma feliz a dez minutos do apito final, graças a um autogolo de Cuenca. O luso-luxemburguês Dany Mota e toda a equipa estão de parabéns.

Portugal qualificou-se esta quinta-feira para a final do Campeonato da Europa de sub-21, depois de bater a Espanha, por 1-0, numa partida disputada em Maribor, na Eslovénia. O adversário da equipa de Rui Jorge na partida decisiva, agendada para domingo, sairá do confronto entre os Países Baixos e a Alemanha, que começou às 20h00 desta noite também.

O único golo do encontro foi apontado aos 80 minutos, quando o defesa espanhol Cuenca desviou um centro de Fábio Vieira para a própria baliza. Com Dany Mota a titular (saiu aos 65 minutos), o técnico português fez duas alterações no onze que tinha entrado para o jogo dos quartos, frente à Itália, promovendo Rafael Leão e Abdu Conté, e a verdade é que a primeira parte foi equilibrada e com poucas oportunidades de golo, embora com um ligeiro ascendente espanhol. Um remate de longe de Vitinha e um lance individual de Rafael Leão a que Dany Mota chegou um pouco atrasado, foram as melhores situações lusitanas.

Desta vez, o luso-luxemburguês não marcou - a equipa raramente conseguiu chegar ao ataque com muitos elementos, deixando-o demasiado sozinho - mas foi importante, sobretudo nas bolas paradas defensivas.

No segundo tempo, porém, foi tudo diferente. A Espanha entrou a todo o gás e nos primeiros cinco minutos criou várias hipóteses para inaugurar o marcador, incluindo um remate ao poste de Cucurella. Rui Jorge viu o perigo, tirando o desinspirado Gedson por troca com Florentino Luís, mas nem mesmo assim Portugal conseguiu esticar-se no campo, sentindo grandes dificuldades para sair da pressão espanhola. De qualquer forma, o rival ibérico já não conseguiu ser tão incisivo, embora continuasse a dominar por completo as operações.

Aos 65 minutos, Rui Jorge voltou a mexer, fazendo entrar três elementos (Jota, Tiago Tomás e Romário Baró) para refrescar uma equipa desgastada e mexer na estratégia. Portugal passou a ter mais bola mas as hipóteses continuavam a surgir do lado espanhol... até aos 80 minutos. Um passe extraordinário de Vitinha permitiu a Fábio Vieira fugir pela direita e este tentou centrar para Tiago Tomás, que surgia desmarcado; no entanto, Cuenca conseguiu evitar o passe mas acabou por ser infeliz, com a bola a sobrevoar o seu guarda-redes e a bater na trave antes de entrar na baliza espanhola. Um golo feliz que acabou por resultar numa vitória muito feliz, uma vez que, apesar de todo o sofrimento, a equipa portuguesa conseguiu guardar a vantagem até ao apito final do árbitro.

"É uma alegria tremenda"

"É uma alegria tremenda, um sentimento extraordinário. É algo merecido por todo o trajeto que estes jogadores têm feito, é a nossa 12ª vitória consecutiva, algo muito difícil de conseguir. Temos qualidade mas hoje também tivemos a sorte do jogo, Espanha fez uma partida muito boa, como tem feito sempre, mas a sorte bafejou-nos e estamos nós na final. Foi injusto para Espanha e justo para Portugal. Tínhamos de nos aguentar no período de maior pressão deles, alterámos para 4x3x3 e aí as coisas serenaram um bocadinho. Mas não tivemos o controlo do jogo que costumamos ter. Mesmo assim conseguimos alguns contra-ataques rápidos em que podíamos ter saído melhor", afirmou Rui Jorge no final, em declarações à RTP.

"Mesmo que tivéssemos caído agora, sentiria um enorme orgulho por termos chegado aqui. Só quem anda neste espaço dos sub-21 sabe a dificuldade que é chegar a este nível. Estou extremamente satisfeito", assinalou o selecionador de sub-21, escusando-se a ter alguma preferência em relação ao outro finalista: "É-me completamente indiferente, venha o adversário que conseguir lá estar."

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Futsal: 1/2 finais do play-off título
Os jogos das meias-finais do play-off título do campeonato de futsal demonstraram que a modalidade está bem e recomenda-se. A US Esch empatou a cinco golos com a ALSS/FC Münsbach, enquanto o FC Differdange venceu em Clervaux a Amicale por 8-5 em dois excelentes jogos de futsal.