Escolha as suas informações

Portugal conquista Mundialito de futebol de praia na despedida de Alan
Desporto 17.06.2018 Do nosso arquivo online

Portugal conquista Mundialito de futebol de praia na despedida de Alan

Madjer foi um dos pilares da seleção portuguesa.

Portugal conquista Mundialito de futebol de praia na despedida de Alan

Madjer foi um dos pilares da seleção portuguesa.
Foto: Lusa
Desporto 17.06.2018 Do nosso arquivo online

Portugal conquista Mundialito de futebol de praia na despedida de Alan

Portugal conquistou este domingo o Mundialito de futebol de praia, na Costa de Caparica, em Almada, ao vencer a Espanha por 2-1 nas grandes penalidades, depois da igualdade 3-3, num torneio marcado pela despedida de Alan.

Os golos do encontro surgiram em ritmo frenético no terceiro período, em que Portugal esteve a vencer por 2-0, com tentos de Bê Martins e Jordan, mas a Espanha passou para a frente com três pontapés de ‘bicicleta’, dois de Eduard Molina e um de Llorenç.

O golo que permitiu a Portugal levar o jogo para o prolongamento foi obtido por Madjer, com um remate de primeira a fazer a bola passar por entre as pernas do guarda-redes Raul Navarro, que tinha substituído na baliza de Espanha o expulso Dona.

Com o prolongamento a chegar ao fim sem que nenhuma das seleções tivesse conseguido marcar, a decisão da atribuição do troféu foi remetida no desempate através de grandes penalidades.

O guarda-redes português Andrade defendeu a primeira tentativa de conversão, por António, após o que Madjer colocou Portugal em vantagem com um remate indefensável.

Llorenç devolveu a igualdade a 1-1, Rui Coimbra voltou a colocar a seleção das ‘quinas’ em vantagem, por 2-1, e a conquista do Mundialito por parte de Portugal, sexto no seu palmarés, surgiu na terceira grande penalidade falhada por Chiky.

Alan, de 42 anos, despediu-se da seleção portuguesa de futebol de praia no torneio que o lançou, há 20 anos, num momento emotivo, no final do encontro, partilhado por todos os colegas de equipa e em especial Madjer, que despontou na mesma altura.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Cem anos, a selecção portuguesa faz cem anos este sábado. E porque o primeiro golo foi de penálti Rui Tovar escreve dos jogos resolvidos nos penáltis.
A 30 de junho, Rui Patrício foi um dos 'heróis' da seleção portuguesa de futebol, que assegurou a presença nas meias-finais do Euro2016, ao bater a Polónia por 5-3 no desempate por grandes penalidades.
No Euro dos 11 autogolos em 11 cidades de 11 países, Portugal subscreve a pior participação de sempre e a Itália repete o título de 1968. O balanço do Europeu na crónica de Rui Miguel Tovar.
Final resolvida nos penáltis
Portugal concluiu hoje no terceiro lugar a Taça das Confederações de futebol, ao derrotar o México, por 2-1, após prolongamento, depois do empate 1-1 registado no final do tempo regulamentar, em Moscovo.
André Silva quer fazer o gosto ao pé frente ao Chile
Portugal foi surpreendido este sábado pelo Senegal, no segundo jogo do Grupo A do Mundial de futebol de praia, que perdeu por 6-5, depois de ter estado a vencer até ao terceiro período.
Senegal's player Ibrahima Balde (L) in action against Portugal�s player Be Martins (R) during the FIFA Beach Soccer World Cup Portugal 2015 group A between Senegal and Portugal at Espinho stadium, in Espinho, North of Portugal, 11 July 2015. ESTELA SILVA/LUSA