Escolha as suas informações

Pinto da Costa acredita que FC Porto pode eliminar Liverpool
Desporto 15.04.2019

Pinto da Costa acredita que FC Porto pode eliminar Liverpool

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, mostra-se confiante para o jogo da segunda mão, em casa, frente ao Liverpool.

Pinto da Costa acredita que FC Porto pode eliminar Liverpool

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, mostra-se confiante para o jogo da segunda mão, em casa, frente ao Liverpool.
Foto: LUSA
Desporto 15.04.2019

Pinto da Costa acredita que FC Porto pode eliminar Liverpool

O presidente do FC Porto afirmou esta segunda feira estar com uma expectativa positiva para o encontro com o Liverpool, da segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões de futebol.

"A expectativa para o jogo da Liga dos Campeões, quarta feira, é sempre pela positiva e acreditar na vitória, apesar de sabemos que é difícil, contra uma das grandes equipas europeias. Estamos em desvantagem, mas vamos acreditar sempre e é com esse espírito que iremos defrontar o Liverpool", assegurou Pinto da Costa, em declarações aos jornalistas, à margem da inauguração da exposição da secção de bilhar no Museu do FC Porto.

"Agora o que acho é que o que se passou em Liverpool foi nefasto demais para poder aceitar de cara alegre, ainda por cima numa prova tão importante como a 'Champions League' e que já está nos quartos de final", acrescentou ainda o líder portista.

Depois do jogo em Liverpool, Pinto da Costa defendeu que Mohamed Salah deveria ter sido expulso, por uma entrada sobre Danilo Pereira, e que ficou um penálti por assinalar a favor da equipa portista.

Os 'dragões' perderam em casa do Liverpool, por 2-0, no jogo da primeira mão, recebendo os 'reds' na quarta-feira no estádio do Dragão, com início agendado para as 21h.


Notícias relacionadas

Messi: "Cristiano teve uma noite mágica"
O futebolista argentino do Barcelona Lionel Messi, que marcou dois golos na vitória frente aos franceses do Lyon (5-1), elogiou o desempenho da Juventus e de Cristiano Ronaldo no triunfo frente ao Atlético Madrid.