Escolha as suas informações

Piloto Tiago Monteiro regressa à competição mais de um ano após grave acidente
O piloto português, afastado das pistas desde setembro de 2017, quando sofreu um acidente grave em Barcelona, regressa à competição em Suzuka, em 27 e 28 de outubro.

Piloto Tiago Monteiro regressa à competição mais de um ano após grave acidente

Foto: AFP
O piloto português, afastado das pistas desde setembro de 2017, quando sofreu um acidente grave em Barcelona, regressa à competição em Suzuka, em 27 e 28 de outubro.
Desporto 17.10.2018

Piloto Tiago Monteiro regressa à competição mais de um ano após grave acidente

O piloto português Tiago Monteiro, afastado das pistas desde setembro de 2017, quando sofreu um acidente grave em Barcelona, regressa à competição em Suzuka, em 27 e 28 de outubro.

Tiago Monteiro, que compete no WTCR (Campeonato do mundo de carros de turismo), estará no Grande Prémio do Japão, ao volante do Honda Civic Type R TCR da Boutsen Ginion Racing que nas últimas corridas esteve nas mãos de Benjamin Lessennes e Ma Qinghua.

“Não há palavras para descrever a sensação de estar de volta. Houve alturas em que tudo pareceu mais complicado, mas nunca perdi a esperança nem o foco”, disse o piloto, em declarações à sua assessoria de imprensa.

O piloto português Tiago Monteiro, afastado das pistas desde setembro de 2017, quando sofreu um acidente grave em Barcelona, regressa à competição em Suzuka, em 27 e 28 de outubro.

O acidente aconteceu numa sessão de testes da Honda, obrigando Tiago Monteiro a falhar as últimas provas do Mundial e toda a época de 2018, até ao seu regresso agora anunciado.

“Ter estado ao longo de todo o ano nas provas em que devia estar a correr e não o fazer, dilacerou-me, mas também me deu ainda mais força e motivação, por isso tenho a certeza que todos os meus sentimentos vão estar à flor da pele em Suzuka”, disse ainda o piloto, de 42 anos.

Na pista japonesa, na penúltima prova do campeonato, Tiago Monteiro pretende fazer um regresso cauteloso, sem objetivos desportivos.

“Quero sobretudo divertir-me e sentir-me confortável com o meu andamento para depois poder regressar em 2019 a tempo inteiro”, acrescentou, agradecendo a todos os que o apoiaram nos últimos 13 meses.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.