Escolha as suas informações

Pedro Resende deixa US Esch a quatro jornadas do final do campeonato
Desporto 2 min. 26.04.2018 Do nosso arquivo online

Pedro Resende deixa US Esch a quatro jornadas do final do campeonato

Pedro Resende

Pedro Resende deixa US Esch a quatro jornadas do final do campeonato

Pedro Resende
Foto: Á. Cruz
Desporto 2 min. 26.04.2018 Do nosso arquivo online

Pedro Resende deixa US Esch a quatro jornadas do final do campeonato

O treinador português, Pedro Resende, deixou hoje o comando técnico da US Esch, último classificado da Liga BGL de futebol luxemburguesa, a quatro jogos do final do campeonato. Os adjuntos André Vaz e Victor Loureiro também deverão sair, mas o seu futuro no clube ainda é uma incerteza.

Depois de consumada a descida de divisão no último domingo, o técnico luso, de 41 anos, termina, assim, uma ligação de dois anos com a formação de Esch-sur-Alzette, que conduziu à elite do futebol Grão-Ducado no final da última temporada.

"Os dirigentes do clube deixaram-me à vontade para tomar uma decisão e tudo se passou com grande transparência e lisura de processos. Foi tudo resolvido de forma amigável. Passei excelentes momentos no clube, ficamos amigos, mas agora cada um vai à sua vida", disse, ao CONTACTO, Pedro Resende, garantindo que "se aparecer alguma proposta interessante” irá analisar.

Em jeito de balanço da sua passagem pela US Esch, Pedro Resende diz sair de “consciência tranquila”, apesar dos resultados menos positivos da presente temporada.

Contudo, Pedro Resende ficará sempre ligado à história do centenário clube, fundado em 1913.

Foi ele que, enquanto treinador, subiu a equipa, pela primeira vez, ao principal escalão do futebol luxemburguês, na época 2016/17.

“Foi um clube que me proporcionou muitas alegrias, com um grupo de jogadores fantásticos que sempre estiveram a meu lado”, afirmou o treinador.

Pedro Resende deixou o comando técnico da US Esch.
Pedro Resende deixou o comando técnico da US Esch.
Foto: Serge Waldbillig

A subida à Liga BGL foi um “marco” na história do clube, mas também no percurso futebolístico de Pedro Resende.

“Foi um marco termos subido à Liga BGL pela primeira vez na história do clube, ainda mais sendo campeões na Promoção de Honra e termos também alcançado as meias-finais da Taça do Luxemburgo, onde o clube nunca tinha chegado. Especialmente, numa época em que só nos pediram a manutenção”, relembrou Pedro Resende.

Sobre os resultados deste ano, apenas 4 pontos conquistados em 22 jogos, e já com o passaporte de regresso à Promoção de Honra (PH), Resende admite que “nem tudo correu bem”.

“Foi uma diferença muito grande passar da PH para a BGL. As coisas não correram como esperávamos, apesar do reconhecimento por parte de outras equipas e, até, pela imprensa de que em certos jogos merecíamos outra sorte nos resultados, pois praticamos um bom futebol”, analisou o técnico.

Enquanto treinador, Pedro Resende orientou o Sandweiler (PH), Kayl/Tétange (PH) e US Esch (PH/BGL) no Luxemburgo.

Como jogador no Grão-Ducado, Pedro Resende representou o FC CeBra, Canach, Hostert, Diekirch e Sandweiler. Em Portugal, jogou no Salgueiros, Marco de Canaveses, Porto Santense, entre outros.

(Notícia atualizada às 19:48)

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O passo em frente do futebol luxemburguês
Os recentes resultados da seleção nacional e dos principais clubes nas competições europeias proporcionaram outra visibilidade internacional ao futebol luxemburguês. O presidente da Federação e vários treinadores lusos analisam como a Liga das Nações pode também enquadrar-se nesse contexto.
O empate entre o Luxemburgo e a França foi um dos grandes resultados dos 'leões vermelhos'.
Vítima de maus resultados: Pedro Resende deixa o Union 05 Kayl/Tétange
Pedro Resende já não é o treinador do Kayl/Tétange. O técnico português que chegou ao clube no início da época 2013/2014 foi dispensado pela direcção do clube depois de derrota sofrida este domingo no terreno do Mühlenbach por 2-1. Os dirigentes do clube procuram agora um substituto.
Pedro Resende não resistiu aos maus resultados