Escolha as suas informações

Novela Djokovic. Tenista detido de novo na Austrália
Desporto 5 2 min. 15.01.2022
Polémica

Novela Djokovic. Tenista detido de novo na Austrália

Novak Djokovic sonhava ganhar pela 10ª vez o Open da Austrália, mas pode nem jogar.
Polémica

Novela Djokovic. Tenista detido de novo na Austrália

Novak Djokovic sonhava ganhar pela 10ª vez o Open da Austrália, mas pode nem jogar.
AAPIMAGE
Desporto 5 2 min. 15.01.2022
Polémica

Novela Djokovic. Tenista detido de novo na Austrália

Redação
Redação
O número 1 do ténis mundial foi detido este sábado de manhã, depois do governo australiano ter novamente cancelado o seu visto de entrada no país. Pode ser deportado.

O sérvio  Novak Djokovic , número um do ténis mundial, foi neste sábado de novo detido pelas autoridades australianas, depois de o Governo local ter cancelado pela segunda vez o visto de entrada no país e já foi presente a tribunal. Para as autoridades o tenista constitui um "risco para a saúde comunitária". Djokovic deve ir ainda hoje a tribunal.

As autoridades australianas aceitaram suspender a deportação de Djokovic até que a justiça decida sobre o cancelamento do visto de entrada, mas informaram logo na sexta-feira que o tenista teria de aguardar pela decisão sob detenção.

O Tribunal Federal australiano está agora encarregado do caso. O jogador está autorizado a reunir-se com os seus advogados e vai ficar detido até à sua audiência, que deve começar ainda este sábado.

Visto cancelado

Djokovic chegou a Melbourne a 5 de janeiro com uma isenção médica que lhe permitiria jogar no Open da Austrália, primeiro 'major' de 2022, sem ser vacinado contra a Covid-19, mas o visto foi posteriormente cancelado pelas autoridades alfandegárias.

O tenista está detido no famoso Park Hotel, em Melbourne, onde já esteve antes, enquanto aguarda que o seu destino seja decidido pela Austrália.   Após um processo de deportação falhado contra a estrela sérvia do ténis no início desta semana, o governo australiano fez outra tentativa. 

 Mas Djokovic, que nunca escondeu a sua desconfiança em relação à vacina anticovid, pretende combater a decisão até ao fim e uma audiência sumária está agendada para domingo no tribunal federal. 

 Depois de desfrutar de alguns dias de liberdade, que costumava treinar para o Open da Austrália, onde sonhava ganhar o 21º título recorde do Grand Slam, "Djoko", 34, este sábado está de volta ao centro de detenção.


Novak Djokovic enfrenta deportação da Austrália após cancelamento de visto
Governo cancelou esta sexta-feira o visto do tenista sérvio. A confirmar-se a deportação, Djokovic pode ficar proibido de entrar no país durante três anos.

A reação de Nadal

 Os sonhos de um 10º título em Melbourne são agora mais remotos. O cancelamento do visto do sérvio, se confirmado pelos tribunais, implica que Djokovic será proibido de entrar no país durante três anos, exceto em circunstâncias excecionais. A dois do início do Open da Austrália começar, a novela Djokovic domina as atenções. Alguns tenistas mostram já o cansaço com a polémica.

"O Open da Austrália é muito mais importante do que qualquer jogador" e "será um grande Open da Austrália com ou sem ele", disse o espanhol Rafael Nadal, uma das três superestrelas do ténis mundial ao lado de Djokovic e do suíço Roger Federer. 

Com Lusa e AFP

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas