Escolha as suas informações

No arranque na nona jornada: Benfica regressa às vitórias com goleada ao Tondela por 4-0
Encarnados voltaram às vitórias após o desaire contra o Sporting

No arranque na nona jornada: Benfica regressa às vitórias com goleada ao Tondela por 4-0

Foto: LUSA
Encarnados voltaram às vitórias após o desaire contra o Sporting
Desporto 2 min. 31.10.2015

No arranque na nona jornada: Benfica regressa às vitórias com goleada ao Tondela por 4-0

O Benfica regressou esta sexta-feira às vitórias, goleando o Tondela por 4-0, numa partida em que os encarnados conseguiram o seu primeiro triunfo em terreno alheio na I Liga de futebol, no arranque da nona jornada.

O Benfica regressou esta sexta-feira às vitórias, goleando o Tondela por 4-0, numa partida em que os encarnados conseguiram o seu primeiro triunfo em terreno alheio na I Liga de futebol, no arranque da nona jornada.

Sem tempo para dar sinais da derrota caseira com o Sporting (3-0), os bicampeões nacionais entraram em força no estádio Municipal de Aveiro e aos 11 minutos já ganhavam por 2-0, com um golo de Jonas e a ajuda involuntária do defesa Markus Berger, a acertar na baliza errada.

Com o estreante Clésio a lateral-direito e Talisca no meio-campo, preenchendo as vagas de André Almeida e Eliseu, que tinham alinhado frente ao Sporting, o Benfica ganhou tranquilidade antes do intervalo, com mais um golo, apontado por Gonçalo Guedes (42), e confirmou a goleada graças a Carcela, já perto do final (82).

Na primeira jogada em que foi à baliza de Matt Jones, o Benfica marcou. Com apenas quatro minutos de jogo, Jonas respondeu a um cruzamento de Gaitán e reforçou o estatuto de melhor marcador da liga, fazendo o seu oitavo golo com um cabeceamento sobre o guarda-redes ‘auriverde’, que se encontrava ligeiramente adiantado.

Os bicampeões nacionais continuaram a pressionar os estreantes na I Liga de futebol e aos 11 minutos aumentam a vantagem, num lance em que Jonas cruzou e o defesa Berger acabou por marcar na própria baliza, desviando a bola das mãos de Matt Jones.

Com uma vantagem confortável, o Benfica desacelerou perante a passividade do Tondela, que só aos 41 minutos levou algum perigo à baliza à guarda de Júlio César.

Um minuto depois, foi o Benfica quem voltou a marcar através de Gonçalo Guedes, que conseguiu contornar o guardião Cláudio Ramos – substituiu o lesionado Matt Jones – e atirou de ângulo apertado. Ainda antes do apito para o intervalo, Bruno Monteiro levou algum perigo ao último reduto ‘encarnado’, numa jogada em que Júlio César não segurou a bola.

Na segunda parte, o primeiro remate coube à equipa que jogou em ‘casa emprestada’, por intermédio de Hélder Tavares, que não chegou a assustar Júlio César.

Apesar da grande desvantagem no marcador, a equipa de Rui Bento tentou contrariar a superioridade do Benfica, construindo alguns lances, embora sem eficácia na finalização.

Aos 79 minutos, o Benfica, que ao longo de quase toda a segunda parte geriu a vantagem, esteve perto de marcar o quarto tento por intermédio de Carcela, valendo a defesa, para canto, do guardião Cláudio Ramos.

Depois de avisar, Carcela, que substituiu Gaitán ao minuto 70, acabou mesmo por chegar ao golo aos 82 minutos, estabelecendo o resultado final.


Notícias relacionadas