Escolha as suas informações

Neuville no comando do Rali de Portugal após 'razia' do segundo dia
Thierry Neuville e o co-piloto Nicolas Gilsoul

Neuville no comando do Rali de Portugal após 'razia' do segundo dia

AFP
Thierry Neuville e o co-piloto Nicolas Gilsoul
Desporto 18.05.2018

Neuville no comando do Rali de Portugal após 'razia' do segundo dia

O belga Thierry Neuville (Hyundai i20) concluiu hoje o segundo dia do Rali de Portugal na liderança, à frente do britânico Elfyn Evans (Ford Fiesta), embora a classificação seja provisória, devido à neutralização de um troço.

Em dia marcado por várias desistências nas oito classificativas, o vice-campeão do mundo em 2013, 2016 e 2017 e segundo na classificação de pilotos assumiu o comando da sexta prova do Mundial após a sétima especial, em Ponte de Lima, marcada pelo despiste do neozelandês Hayden Paddon (Hyundai i20), que levou à neutralização da competição.

Neuville pode ascender à liderança do Mundial, beneficiando da desistência do francês Sébastien Ogier (Ford Fiesta), pentacampeão do mundo e líder da classificação, com 10 pontos de vantagem sobre o belga.

O cinco vezes vencedor do Rali de Portugal despistou-se na quinta especial, em Viana do Castelo, num dia em que se registaram ainda os abandonos do estónio Ott Tänak (Toyota Yaris), do finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris) e do norueguês Andreas Mikkelsen (Hyundai i20).

Sebastien Ogier desistiu hoje.
Sebastien Ogier desistiu hoje.
AFP

No sábado, a partir das 09:08, os pilotos enfrentam seis especiais de classificação, com duas passagens no renovado percurso de Vieira do Minho (17,5 km), no troço de Cabeceiras de Basto (22,22 km) e a tradicional especial de Amarante (37,6 km), mais uma vez a mais longa do rali.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas