Escolha as suas informações

Moto2: Miguel Oliveira segundo em São Marino

Moto2: Miguel Oliveira segundo em São Marino

Foto: Arquivo
Desporto 09.09.2018

Moto2: Miguel Oliveira segundo em São Marino

Piloto português realizou excelente recuperação, mas não pôde evitar a vitória do líder do Mundial, Francesco Bagnaia. Soma agora 206 pontos contra os 214 do italiano.

O português Miguel Oliveira (KTM) foi segundo no Grande Prémio de São Marino em Moto2, terminando atrás do líder do Mundial, o italiano Francesco Bagnaia, após excelente prova em que recuperou do nono posto da partida até ao segundo lugar final e com emocionante duelo face ao terceiro posicionado, o alemão Marcel Schrotter. Oliveira, que estava a três pontos do topo do Mundial, soma agora 206 pontos contra os 214 de Bagnaia. O terceiro é Brad Binder com 119.

"Minimizámos os danos", disse Oliveira no final. "Sabia que seria difícil bater o Francesco aqui, mas tentei tudo, apesar de perceber que ele estava mais rápido, algo que me custou aquela desvantagem nas primeiras voltas. Mas aqui estou no pódio uma vez mais e a luta pelo título mundial mantém-se, há ainda muitas provas pela frente", referiu.

Na prova realizada no circuito de Misano, o piloto português partiu bem e logo ascendeu ao quinto lugar, enquanto Bagnaia e Pasini ganhavam vantagem na frente. Na segunda das 25 voltas, Oliveira superou Brad Binder e tornou-se quarto, assumindo o terceiro posto na volta seguinte ao ultrapassar o alemão Marcel Schrotter. Este manteve-se sempre por perto enquanto o piloto de Almada procurava assegurar um ritmo que o levasse a ambicionar pelo menos o segundo lugar.

Aos poucos, Oliveira conseguiu defender-se da concorrência e, em simultâneo, aproximar-se de Mattia Pasini. A nove voltas do final, Oliveira passou Pasini, mas este contra-atacou e voltou à sua posição para ser definitvamente ultrapassado já na volta seguinte.

Daqui até final, Oliveira tentou tudo para se aproximar do líder da corrida, mas este estava a cerca de 3,5 segundos e, além disso, Schrotter, que também passara Pasini, pressionava com intensidade. A luta tornou-se emocionante, na última curva o alemão ainda fez um último e desesperado esforço, mas o português defendeu o segundo lugar com magnífico desempenho. 

A próxima prova realiza-se no circuito de Aragão, em Espanha, no dia 23.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas