Escolha as suas informações

Messi anuncia que continua no FC Barcelona para evitar os tribunais
Desporto 04.09.2020

Messi anuncia que continua no FC Barcelona para evitar os tribunais

Messi anuncia que continua no FC Barcelona para evitar os tribunais

Foto: Eric Alonso/ZUMA Wire/dpa
Desporto 04.09.2020

Messi anuncia que continua no FC Barcelona para evitar os tribunais

Lusa
Lusa
O internacional argentino Lionel Messi anunciou esta sexta-feira que vai continuar mais uma época ao serviço do FC Barcelona, uma dezena de dias depois de largar uma ‘bomba’ no clube, ao anunciar o desejo de sair.

“Jamais iria para tribunal contra o clube da minha vida. Por isso, vou ficar no FC Barcelona”, disse Lionel Messi, numa entrevista ao portal Goal.com, afirmando a sua intenção de cumprir o ano de contrato que lhe resta, em 2020/21.

Messi adiantou que “disse ao presidente que queria sair”, não apenas agora, mas “ao longo de todo o ano”.

“Pensava que o meu tempo no FC Barcelona tinha, infelizmente, acabado, porque sempre quis acabar a carreira no clube. Foi um ano muito difícil, em que sofri muito nos treinos, nos jogos e no balneário”, afirmou o internacional argentino.

Ainda de acordo com Messi, o presidente do FC Barcelona, Josep Maria Bartomeu, ter-lhe ia dito que poderia sair do clube no final da temporada 2019/20.


Jorge Messi, pai do astro argentino à chegada a Barcelona.
Pai de Messi diz que será "difícil" o filho continuar no FC Barcelona
O pai e representante do futebolista Lionel Messi, Jorge Messi, afirmou hoje à chegada a Barcelona que vê difícil que o filho continue no clube catalão, que representa há duas décadas.

“O presidente disse sempre que no final da época eu poderia decidir se queria ir ou ficar, mas, no final, ele não cumpriu a sua palavra”, afirmou o argentino.

Messi, ‘Bola de Ouro’ em seis ocasiões e ‘Bota de Ouro’ noutras tantas, comunicou em 25 de agosto ao FC Barcelona a sua intenção de sair, a custo zero, não tendo iniciado os trabalhos de pré-temporada da equipa agora comandada por Ronald Koeman.

Messi mostrou a intenção de abandonar o clube dias depois do desaire por 8-2 com o Bayern Munique, nos quartos de final da ‘Champions’ 2018/19, e da decisão do clube em prescindir de Luis Suárez, Rakitic e Arturo Vidal.

Na última época, o FC Barcelona não conquistou qualquer troféu, o que já não acontecia desde 2007/08, num ano que começou com Ernesto Valverde ao comando e acabou com Quique Sétien.

Há duas décadas no clube, Messi é, há muito, o melhor marcador da história do FC Barcelona, com um total de 643 golos, em 731 encontros, e conquistou um total de 33 títulos pelo clube da Catalunha, incluindo quatro ‘Champions’.

Desde 2004/05 na equipa principal, o argentino arrebatou ainda três edições do Mundial de clubes, três da Supertaça Europeia, 10 da Liga espanhola, seis da Taça do Rei e sete da Supertaça espanhola.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas