Escolha as suas informações

Luxemburgo: Novo estádio nacional vai custar 58 milhões de euros
Desporto 17.07.2015

Luxemburgo: Novo estádio nacional vai custar 58 milhões de euros

O futuro estádio nacional vai ter capacidade para 9.595 espectadores

Luxemburgo: Novo estádio nacional vai custar 58 milhões de euros

O futuro estádio nacional vai ter capacidade para 9.595 espectadores
Imagem: GMP Beng
Desporto 17.07.2015

Luxemburgo: Novo estádio nacional vai custar 58 milhões de euros

O futuro estádio nacional do Luxemburgo vai custar 58 milhões de euros, quase o dobro do valor inicialmente previsto. A construção do estádio, com capacidade para acolher cerca de 10 mil pessoas, deverá arrancar em Janeiro de 2017, anunciou hoje a autarquia da cidade do Luxemburgo.

O futuro estádio nacional do Luxemburgo vai custar 58 milhões de euros, quase o dobro do valor inicialmente previsto. A construção do estádio, com capacidade para acolher cerca de 10 mil pessoas, deverá arrancar em Janeiro de 2017 e estar concluída no início de 2019, anunciou hoje a autarquia da cidade do Luxemburgo.

O anúncio surge após vários anos de discussões. O futuro estádio nacional vai ser construído nos arredores de Kockelsheuer, na zona da Cloche d’Or. Os custos são comparticipados pelo Ministério do Desporto (39 milhões de euros) e a autarquia da cidade do Luxemburgo (19 milhões).

O projecto do estádio nacional é assinado pelo mesmo gabinete de arquitectura que projectou um dos estádios do Mundial de Futebol no Brasil, em 2014
O projecto do estádio nacional é assinado pelo mesmo gabinete de arquitectura que projectou um dos estádios do Mundial de Futebol no Brasil, em 2014
Imagem: GMP Beng

Apresentado em 2014, com um custo previsto de 30 milhões de euros (metade do valor hoje anunciado), o projecto recebeu "luz verde" esta semana.

O novo estádio de futebol e rugby vai ter capacidade para 9.595 espectadores. O estádio vai ter ligação à futura rede de eléctrico ("tram"), um terminal para autocarros e um novo parque de estacionamento (P&R). 

Vista de pormenor
Vista de pormenor

O projecto ficou a cargo do gabinete de arquitectura Gerkan, Marg e Partners (GMP), sediado em Hamburgo - que projectou o estádio da Amazónia, em Manaus, para o Mundial no Brasil em 2014 - e o gabinete BENG, de Esch-sur-Alzette.

Paulo Bastos / Redacção


Notícias relacionadas