Escolha as suas informações

Luís Filipe Vieira suspeito de prejudicar o Benfica em milhões para benefício próprio
Desporto 2 min. 08.07.2021
Vieira detido

Luís Filipe Vieira suspeito de prejudicar o Benfica em milhões para benefício próprio

Vieira detido

Luís Filipe Vieira suspeito de prejudicar o Benfica em milhões para benefício próprio

Foto: Lusa
Desporto 2 min. 08.07.2021
Vieira detido

Luís Filipe Vieira suspeito de prejudicar o Benfica em milhões para benefício próprio

Redação
Redação
O presidente do Benfica é suspeito de envolvimento em negócios e financiamentos de mais de 100 milhões que causaram elevados prejuízos ao Estado e ao Benfica. Hoje deverá ser presente ao juiz e poderá ficar sujeito a medidas de coação.

O presidente do Benfica deverá ser ouvido hoje em primeiro interrogatório judicial na sequência da sua detenção, na quarta-feira, no âmbito de uma investigação a alegados crimes de burla qualificada, fraude fiscal e branqueamento. 

Luís Filipe Vieira, o seu filho Tiago Vieira, os empresários Bruno Macedo e  José António dos Santos, conhecido como o "Rei dos frangos", amigos pessoais do presidente do Benfica foram ontem detidos. Luís Filipe Vieira passou a noite numa cela da esquadra da PSP de Moscavide, vila vizinha de Lisboa e deverá hoje ser ouvido pelo juiz Carlos Alexandre.

Segundo o Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), os quatro detidos são suspeitos de estarem envolvidas em “negócios e financiamentos em montante total superior a 100 milhões de euros, que poderão ter acarretado elevados prejuízos para o Estado e para algumas das sociedades”, nomeadamente a SAD do Benfica.

As autoridades estão a investigar entre outras suspeitas, a de inflações nas comissões para desviar dinheiro do clube, anuncia o Jornal de Notícias. Luís Filipe Vieira e José António dos Santos terão montado um esquema ilícito relacionado com a compra de ações da SAD do Benfica em que juntos ganhariam 11 milhões de euros, prejudicando o Benfica, avançou ontem a TVI. José António dos Santos  é o maior acionista individual da Benfica SAD e um dos donos da Valouro.


Luís Filipe Vieira foi detido por suspeitas de burla, fraude e branqueamento de capitais
O presidente do Benfica e outros dois membros da SAD do Benfica foram hoje alvo de buscas por suspeitas de crimes vários, para benefício individual. Luís Filipe vieira vai passar a noite na prisão e amanhã tem de se apresentar ao juiz.

Está previsto que os quatro detidos sejam presentes hoje a primeiro interrogatório judicial, do qual poderá resultar a aplicação de medidas coação, “com vista a acautelar a prova, evitar ausências de arguidos e prevenir a consumação de atuações suspeitas”, o mesmo é dizer para evitar destruição de provas e tentativa de fuga.

Direção do Benfica defende o clube

O DCIAP informou na quarta-feira que foram detidos um dirigente desportivo, dois empresários e um agente do futebol e realizados cerca de 45 mandados de busca a sociedades, residências, escritórios de advogados e uma instituição bancária, em Lisboa, Torres Vedras e Braga.

Em causa estão “factos ocorridos, essencialmente, a partir de 2014 e até ao presente” e suscetíveis de configurarem “crimes de abuso de confiança, burla qualificada, falsificação, fraude fiscal e branqueamento”.


Presidente do Benfica acompanha buscas das autoridades
SAD do Benfica diz que funções de presidente serão "asseguradas estatutariamente".

O Benfica reagiu ainda na quarta-feira à detenção de Luís Filipe Vieira e a direção disse estar “firmemente determinada” a defender os interesses do clube lisboeta, pouco tempo depois de a SAD ‘encarnada’ ter indicado que as funções do presidente serão "asseguradas nos termos previstos na lei e nos estatutos" da sociedade.

Com Lusa

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas