Escolha as suas informações

Breves Desporto 07.08.2021

O ex-dirigente 'encarnado', cuja notícia da cessação da medida de prisão domiciliária foi avançada pela RTP, deixa assim de estar sujeito a esta medida de coação. 

O juiz Carlos Alexandre aceitou as garantias dadas por Luís Filipe Vieira, que se propôs pagar a caução de três milhões de euros através da entrega de dois imóveis e 240 mil euros em dinheiro.

No processo Cartão Vermelho, Luís Filipe Vieira, além da prisão domiciliária, que agora deixa de ter de cumprir, tem como medidas de coação a proibição de sair do país, com a entrega do passaporte, e de contactar com os outros arguidos do processo: o empresário José António dos Santos e o advogado e agente Bruno Macedo, sendo a exceção o seu filho Tiago Vieira, e vários elementos ligados ao Novo Banco.