Escolha as suas informações

Liga portuguesa de futebol: Benfica vence em Coimbra, mas o FC Porto não desarma
O Benfica conseguiu uma vitória fácil em Coimbra

Liga portuguesa de futebol: Benfica vence em Coimbra, mas o FC Porto não desarma

LUSA
O Benfica conseguiu uma vitória fácil em Coimbra
Desporto 3 min. 30.11.2014

Liga portuguesa de futebol: Benfica vence em Coimbra, mas o FC Porto não desarma

O Benfica respondeu este domingo à eliminação da Liga dos Campeões com mais uma vitória na I Liga de futebol, desta vez sobre a Académica (2-0) e segurou a liderança, mantendo distâncias para Vitória de Guimarães e FC Porto.

O Benfica respondeu este domingo à eliminação da Liga dos Campeões com mais uma vitória na I Liga de futebol, desta vez sobre a Académica (2-0) e segurou a liderança, mantendo distâncias para Vitória de Guimarães e FC Porto.

Os vimaranenses abriram a jornada na sexta-feira, com um triunfo sobre o Moreirense, por 2-1, e subiram provisoriamente ao comando, mas os "encarnados" passaram sem sobressaltos em Coimbra e retomaram os dois pontos de avanço, enquanto os "dragões" golearam o Rio Ave em casa, por 5-0, e não se deixaram atrasar.

Assim, três pontos continuam a separar o FC Porto do campeão nacional, que arrumou a questão em Coimbra na primeira parte em Coimbra e somou a nona vitória na liga, com golos de Gaitán (08 minutos) e de Luisão (45+1), quatro dias depois da "amarga" derrota em São Petersburgo, com o Zenit, que significou o adeus às competições europeias.

Incapaz de contestar o domínio da equipa de Jorge Jesus, a Académica continua sem ganhar em casa juntou esta derrota aos cinco empates registados antes no seu terreno. Com um triunfo apenas no campeonato, os "estudantes" estão em 16.º, somente quatro pontos acima de Penafiel e Gil Vicente, os ocupantes da zona de descida.

O FC Porto demorou a marcar, mas acabou por golear o Rio Ave
O FC Porto demorou a marcar, mas acabou por golear o Rio Ave
LUSA

No Dragão, depois de uma primeira parte sem golos, o espanhol Cristian Tello abriu o caminho da vitória do FC Porto no início do segundo tempo (47) e o colombiano Jackson Martínez seguiu-lhe o exemplo, igualando o Talisca (Benfica) e Maazou (Marítimo) no topo da lista de marcadores, com oito golos.

A sétima vitória da equipa de Julen Lopetegui, única invicta da prova, ganhou expressão excessiva mesmo no final, com mais três golos, de Alex Sandro (89), Óliver (90+1) e Danilo (90+3) e foi um castigo pesado para os vila-condenses, que averbaram a quarta derrota na prova e caíram uma posição, para oitavo, com 17 pontos.

Beneficiou o Sporting, que na véspera bateu o Vitória de Setúbal por 3-0 e subiu a sexto, a um ponto de Belenenses e Sporting de Braga. Também no sábado, os "azuis" perderam pontos frente ao Arouca (0-0) e os bracarenses golearam em Penafiel (6-1), agora último classificado.

Nos outros jogos de hoje, o Marítimo qubrou um ciclo de quatro derrotas com uma goleada em casa sobre o Boavista (4-0), num jogo em que os "axadrezados" terminaram reduzidos a oito unidades. No Funchal, Idris, na própria baliza (09 minutos), Bruno Gallo (61) e Mazzou (72), ambos de grande penalidade, e Dyego Sousa (84) construíram a folgada vitória dos madeirenses, que ascenderam ao nono posto.

A contabilidade boavisteira cifrou-se em três expulsões - Philipe Sampaio (58) e Mika (70), nos lances dos penaltis, e Beckeles - e mais três pontos perdidos, que mantêm a equipa no 13° lugar, com 10 pontos.

Em Barcelos, ainda não foi desta que o Gil Vicente somou a primeira vitória, empatando 0-0 com o Nacional. Os minhotos deixaram o último posto para o Penafiel, embora com os mesmos quatro pontos, e os madeirenses subiram um degrau, para 14°, com nove.

Na segunda-feira, a jornada encerra com a receção do Paços de Ferreira (7°) ao Estoril-Praia (11°), num jogo em que os nortenhos procuram manter o contacto com Braga e Belenenses na luta pelos lugares europeus, enquanto os "canarinhos", ainda a lamentarem a eliminação da Liga Europa, buscam uma posição mais confortável.


Notícias relacionadas