Escolha as suas informações

Liga Europa: Pedro Martins quer Vitória focado no Konyaspor, mesmo a precisar do Salzburgo
Desporto 3 min. 06.12.2017 Do nosso arquivo online

Liga Europa: Pedro Martins quer Vitória focado no Konyaspor, mesmo a precisar do Salzburgo

Pedro Martins, treinador do Vitória de Guimarães

Liga Europa: Pedro Martins quer Vitória focado no Konyaspor, mesmo a precisar do Salzburgo

Pedro Martins, treinador do Vitória de Guimarães
LUSA
Desporto 3 min. 06.12.2017 Do nosso arquivo online

Liga Europa: Pedro Martins quer Vitória focado no Konyaspor, mesmo a precisar do Salzburgo

O treinador Pedro Martins disse hoje que o Vitória de Guimarães precisa de se concentrar em bater o Konyaspor, apesar de precisar de um triunfo do Salzburgo, em Marselha, para seguir em frente na Liga Europa de futebol.

O treinador Pedro Martins disse hoje que o Vitória de Guimarães precisa de se concentrar em bater o Konyaspor, apesar de precisar de um triunfo do Salzburgo, em Marselha, para seguir em frente na Liga Europa de futebol.

Os vimaranenses partem para a sexta e última jornada do Grupo I no quarto e último lugar, com quatro pontos, mas ainda com hipótese de seguir para os 16 avos de final da prova, precisando para tal de vencer na receção aos turcos, na quinta-feira, e da derrota dos franceses, segundos, com sete, no duelo com os austríacos, já apurados (11 pontos).

O treinador vitoriano sublinhou, por isso, que a equipa, apesar de ter de esperar, tal como o Konyaspor - terceiro, com cinco pontos -, que o "Salzburgo tenha uma noite à Salzburgo", mostrando ser uma "equipa muito forte", tem, em primeiro lugar, de "ter a noção" de que precisa de "fazer um bom jogo" na quinta-feira, para se poder apurar.

"O nosso foco e concentração máxima estão neste jogo. Do outro lado, temos uma equipa com qualidade, que demonstrou no último jogo, com o Marselha (1-1), que, se calhar, não dependia de jogos de terceiros, não fosse sofrer o golo aos 90+3 minutos", adiantou, na conferência de imprensa de antevisão ao duelo agendado para as 20:05, no Estádio D. Afonso Henriques.

Por ter ainda uma "percentagem" de hipóteses de seguir para os 16 avos, por "muito mínima que seja", a equipa, reiterou o ‘timoneiro, vai entrar em campo com os jogadores que "estiverem em melhores condições", sem gestão a pensar no campeonato ou na Taça de Portugal - defronta o FC Porto, no Dragão, a 14 de dezembro, para os oitavos de final.

Aliás, Pedro Martins lembrou que o clube sempre assumiu como objetivo passar a fase de grupos, apesar de "correr por fora" em relação ao Salzburgo e ao Marselha, e disse esperar aproveitar o fator casa, onde os vitorianos conseguiram os seus quatro pontos - empate com o Salzburgo (1-1) e triunfo sobre o Marselha (1-0).

O balanço fora de Portugal saldou-se, contudo, em três derrotas, com o responsável a lamentar a inexperiência revelada por alguns dos elementos mais jovens do plantel, sobretudo na Turquia, onde perdeu por 2-1, num jogo com uma má primeira parte, e em França, onde averbou o mesmo resultado apesar da equipa ter sido "coesa" e o jogo, em muitas fases, "equilibrado".

"Poderíamos ter sido mais experientes. Houve algum receio na Turquia, na primeira parte, porque era o primeiro jogo fora. Se esta caminhada começasse agora, provavelmente as mentes dos atletas mais jovens teriam sido diferentes, mas é o que é", analisou.

Com cinco triunfos e três derrotas nos últimos oito jogos, o Vitória, sétimo na I Liga, com 20 pontos, atravessa a melhor série de resultados da época, mas Pedro Martins considerou que a equipa já teve outras "fases boas" em termos exibicionais.

Questionado ainda sobre o desejo expresso pelo presidente do Sporting de Braga, António Salvador, em ter uma final minhota na Liga Europa, o técnico frisou que, no futebol, "nada é impossível", mas que a "ambição", quando "não é tão possível de concretizar", coloca nos jogadores "pressão que não faz sentido nenhum".

Ao lado do treinador, o extremo Héldon, utilizado até agora nos cinco jogos do Vitória na Liga Europa, admitiu a "sensação" de que se podia ter feito algo mais no Grupo I, mas prometeu que a equipa vai entrar em campo com "seriedade e muita vontade de vencer", apesar de não depender apenas de si.

O Vitória de Guimarães, quarto e último classificado do Grupo I com quatro pontos, recebe o Konyaspor, terceiro com cinco, na quinta-feira, pelas 21:05 (hora luxemburguesa), no Estádio D. Afonso Henriques, sob arbitragem do alemão Daniel Siebert.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Promoção de Honra: Jogadores do Sandweiler acreditam na manutenção
"Vamos deixar a pele em campo em cada jogo, até ao final do campeonato. Para conseguirmos a manutenção, temos que fazer da união a nossa força e conquistar os pontos necessários para não descermos de divisão". É desta forma que Cleidir Neves, médio do Sandweiler, resume a situação da sua equipa, que com oito pontos ocupa o penúltimo lugar da classificação no campeonato da Promoção de Honra.
Cleidir Neves, médio do Sandweiler (de vermelho), acredita na manutenção do Sandweiler na Promoção de Honra.
Abel Ferreira quer "jogo perfeito" do Sporting de Braga para eliminar Marselha
O treinador Abel Ferreira apelou esta quinta-feira a um “jogo perfeito” do Sporting de Braga para eliminar o Marselha e apurar-se para os oitavos de final da Liga Europa de futebol. Os minhotos têm que recuperar de uma derrota de 3-0 trazida da primeira mão, em França, mas o treinador acredita numa "noite épica".
Abel Ferreira ainda acredita na qualificação dos minhotos frente ao Marselha