Escolha as suas informações

Liga Europa: Benfica ‘alternativo’ vence na Turquia por 2-1
Desporto 2 min. 14.02.2019 Do nosso arquivo online

Liga Europa: Benfica ‘alternativo’ vence na Turquia por 2-1

Liga Europa: Benfica ‘alternativo’ vence na Turquia por 2-1

Foto: AFP
Desporto 2 min. 14.02.2019 Do nosso arquivo online

Liga Europa: Benfica ‘alternativo’ vence na Turquia por 2-1

Uma equipa do Benfica com várias alterações no ‘onze’ deu hoje um passo importante na luta pelo apuramento para os oitavos de final da Liga Europa de futebol, ao vencer por 2-1 na visita ao Galatasaray. A partida da segunda mão dos 16 avos de final está marcada para 21 de fevereiro, no Estádio da Luz.

A primeira vitória de sempre das ‘águias’ na Turquia começou a ser construída aos 27 minutos, numa grande penalidade convertida por Salvio, que acabaria por ser substituído no arranque da segunda parte, devido a lesão. 

Mesmo com tantas alterações, o Benfica entrou destemido no ‘inferno’ de Istambul, revelando uma dinâmica interessante para uma equipa com apenas cinco habituais titulares em campo.

Um pouco contra a corrente, os ‘encarnados’ chegaram ao golo, através de uma benesse de Marcão, a primeira do central no jogo: o cruzamento de Yuri Ribeiro foi embater no braço do ex-jogador de Rio Ave e do Desportivo de Chaves dentro da área, permitindo a Salvio abrir a contagem, de grande penalidade.

Contudo, o Galatasaray começou a tomar conta da partida aos poucos e dispôs de uma soberana situação por intermédio de Onyekuru, mas o remate foi ligeiramente desviado por Corchia, o suficiente para não tomar o caminho da baliza.

Os turcos mostravam-se perigosos, sobretudo, em lances de bola parada, lançando algum ‘pânico’ na área benfiquista, mas também em transições, quase sempre aproveitando perdas de bola do Benfica no último terço.

O ex-portista Fernando, que viu um cartão amarelo que o afasta da segunda mão, ainda testou a atenção de Vlachodimos no primeiro tempo, mas foi o arranque da segunda parte que se revelou penalizador para o Benfica. Primeiro, perdeu Salvio, por lesão, e depois sofreu o empate, num lance em que Yuri Ribeiro é batido por Luyindama.

A resposta das ‘águias’ foi muito eficaz, desta vez com Seferovic a ganhar no duelo com Marcão e a rematar sem hipóteses à saída do guarda-redes Muslera.

Luyindama, aos 54 minutos, repôs a igualdade para o Galatasaray, mas, aos 64, Seferovic reforçou o estatuto de goleador ‘encarnado’ e colocou novamente o Benfica na frente, apontando o 17.º golo na temporada, o 10.º em 10 jogos sob o comando de Bruno Lage.

Se as ausências de Pizzi, Grimaldo, imprescindíveis no ‘onze’ benfiquista, e Jonas eram já uma certeza, Bruno Lage ainda reservou várias ‘surpresas’ para o ataque à formação turca, sendo que apenas Vlachodimos, Rúben Dias, Ferro, João Félix e Seferovic mantiveram os respetivos postos.

Além das apostas em Corchia e Yuri Ribeiro nas laterais, o técnico lançou Gedson, Cervi e Salvio, além de ter promovido a estreia de Florentino a titular. O jovem médio cotou-se como um dos melhores em campo, comprovando que está a surgir mais uma opção ‘made in Seixal’ para a equipa principal

Os turcos demoraram a perceber como podiam contrariar o Benfica, que se exibia confiante e sólido, liderado por um jovem de 19 anos, Florentino, um autêntico ‘pêndulo’ no meio-campo ‘encarnado’, que pouco ou nada acusou a estreia na Europa.

Se Feghouli ficou longe de alcançar os intentos do ‘Gala’, o mesmo não sucedeu a cinco minutos do final, quando Luyindama ficou perto de bisar e empatar o jogo, não fosse uma defesa decisiva de Vlachodimos, a segurar o primeiro triunfo do conjunto da Luz na Turquia.

A partida da segunda mão dos 16 avos de final está marcada para 21 de fevereiro, no Estádio da Luz.

Lusa

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Benfica empata com o PAOK
Na primeira mão do playoff da Liga dos Campeões, Pizzi marcou de penalty ainda no primeiro tempo, mas os gregos chegaram à igualdade a um quarto de hora do fim.
Pizzi ainda festejou com Gedson, mas os gregos conseguiram o empate.