Escolha as suas informações

Lewandowski novamente eleito o melhor jogador da FIFA
Desporto 17.01.2022
Futebol

Lewandowski novamente eleito o melhor jogador da FIFA

Futebol

Lewandowski novamente eleito o melhor jogador da FIFA

Foto: Tobias Hase/dpa
Desporto 17.01.2022
Futebol

Lewandowski novamente eleito o melhor jogador da FIFA

Lusa
Lusa
O avançado polaco Robert Lewandowski venceu pelo segundo ano consecutivo o prémio de melhor futebolista da FIFA, batendo na eleição de 2021 o argentino Lionel Messi e o egípcio Mohamed Salah.

O jogador do Bayern Munique, de 33 anos, ganhou no passado o campeonato alemão, a Supertaça germânica e o Mundial de clubes, sendo que, individualmente, arrebatou a 'Bota de Ouro', graças ao recorde de 41 golos conseguidos na Bundesliga 2020/21.

Lewandowski é o quinto jogador a chegar aos dois troféus da FIFA, juntando-se a Lionel Messi (recordista, com seis), ao português Cristiano Ronaldo (cinco), aos brasileiros Ronaldo (três) e Ronaldinho (dois) e ao francês Zinédine Zidane (três).

O internacional polaco tinha sido batido por Messi na 'Bola de Ouro' do France Football, sendo a primeira vez desde 2005 que não é o mesmo jogador a vencer os dois prémios: então, o ucraniano Shevchenko ganhou o prémio do da revista francesa, nascido em 1956, e o brasileiro Ronaldinho o da FIFA, criado em 1991.

Quanto ao feminino, a vencedora foi a espanhola Alexia Putellas, jogadora do FC Barcelona, que já tinha sido a galardoada com a Bola de Ouro.

Prémio especial para Ronaldo

Foto: dpa

O português Cristiano Ronaldo recebeu o prémio especial da FIFA, por se ter tornado o melhor marcador mundial por seleções, e integrou o 'onze' do 'onze do ano' FIFA/FIFPro pela 14.ª vez, ao lado de Rúben Dias.  

Ronaldo, que recebeu o prémio a finalizar a cerimónia, passou em 2021 a ser o melhor marcador de seleções, ao ultrapassar o iraniano Ali Daei, tendo, por agora, 115 golos.

Em relação ao 'onze', numa 'estranha' tática '3-3-4', Ronaldo, que não falha a equipa do ano desde 2007, partilha o ataque com Haaland, Lewandowski, eleito o 'The Best', e o argentino Lionel Messi, também 'omnipresente' há 14 anos, enquanto o estreante Rúben Dias é acompanhado na defesa por Alaba e Bonucci.

Os restantes membros da equipa de 2021 são o guarda-redes Donnarumma - que na eleição para o guarda-redes do ano foi batido pelo senegalês Édouard Mendy -, e os médios Kevin De Bruyne, Jorginho e Kanté.

A equipa será 'orientada' pelo alemão Thomas Tuchel, do Chelsea, que foi eleito  técnico do ano.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas