Escolha as suas informações

Jogos Olímpicos oficialmente adiados para 2021
Desporto 2 min. 24.03.2020 Do nosso arquivo online

Jogos Olímpicos oficialmente adiados para 2021

Jogos Olímpicos oficialmente adiados para 2021

Foto: AFP
Desporto 2 min. 24.03.2020 Do nosso arquivo online

Jogos Olímpicos oficialmente adiados para 2021

Lusa
Lusa
Após muitas pressões e críticas, Japão e o Comité Olímpico Internacional chegaram a acordo para adiar a maior prove desportiva do mundo.

(Notícia atualizada às 14:30.)

Os Jogos Olímpicos Tóquio2020 foram adiados para 2021, devido à pandemia da Covid-19, anunciaram hoje o Comité Olímpico Internacional (COI) e o Comité Organizador dos Jogos, em comunicado.  

Após vários meses de discussões internas e pressão aplicada por vários países e atletas, os Jogos Olímpicos vão ser adiados para 2021. Japão e o Comité Olímpico Internacional chegaram a acordo para adiar o evento, que deveria arrancar a 24 de julho, em Tóquio. 

 O anúncio foi feito esta terça-feira, por Shinzo Abe, o Primeiro-Ministro japonês, pondo fim às dúvidas do mundo desportivo. Durante a declaração, Abe referiu que pediu a Thomas Bach, presidente do Comité Olímpico Internacional, um adiamento do evento por um ano, algo com que Bach terá “concordado a 100%”.   

“Nas presentes circunstâncias e baseado nas informações dadas hoje pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o presidente do COI [Thomas Bach] e o primeiro-ministro do Japão [Shinzo Abe] concluíram que os Jogos da XXXII Olimpíada em Tóquio devem ser remarcados para uma data posterior a 2020 e nunca depois do verão de 2021”, lê-se no comunicado.

Esta decisão foi, de acordo com o mesmo documento, tomada “para salvaguardar a saúde dos atletas, de toda a gente envolvida nos Jogos Olímpicos e da comunidade internacional”.

No mesmo comunicado, o COI salientou o “grande progresso” feito pelo Japão na luta contra a covid-19, mas lembrou que “a propagação sem precedentes e imprevisível” fez com que “a situação se deteriorasse no resto do mundo”.

Abe e o alemão Thomas Bach, líder do COI, tinham estado reunidos por videoconferência juntamente com o presidente do Comité Organizador, Yoshiro Mori, com a governadora de Tóquio, Yuriko Koike, e com outros elementos do COI. O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, já infetou mais de 360 mil pessoas em todo o mundo, das quais cerca de 17.000 morreram.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras. Em Portugal, há 29 mortos e 2.362 infetados confirmadas. Portugal encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de quinta-feira e até às 23:59 de 02 de abril.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Covid-19. COI decide em quatro semanas se adia Tóquio2020
O Comité Olímpico Internacional (COI) vai deliberar num período de quatro semanas sobre a realização dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, devido à pandemia de Covid-19, com o adiamento na agenda, mas não o cancelamento, revelou hoje o organismo.