Escolha as suas informações

Guarda-redes português do FC Rodange acredita na manutenção na Liga BGL
João Machado tem o objetivo de ser profissional

Guarda-redes português do FC Rodange acredita na manutenção na Liga BGL

Foto: Ben Majerus
João Machado tem o objetivo de ser profissional
Desporto 2 min. 18.05.2018

Guarda-redes português do FC Rodange acredita na manutenção na Liga BGL

João Machado, guarda-redes do FC Rodange 91, acredita que a sua equipa vai continuar na Liga BGL de futebol na próxima temporada. Apesar de necessitar de uma vitória frente ao Strassen e esperar que o Rosport não ganhe ao Fola na derradeira jornada do campeonato, no próximo sábado, o português de 19 anos mostra-se confiante.

“Sabemos que não dependemos apenas de nós, mas é fundamental acreditar até ao último minuto que é possível permanecer entre a elite do futebol luxemburguês. Esta é a nossa última oportunidade e não podemos falhar. Temos de vencer o Strassen e esperar que o Rosport não ganhe ao Fola para podermos disputar o jogo da ’liguilha’ frente ao Käerjéng, terceiro classificado da Liga de Honra. Mas enquanto há vida, há esperança. No futebol, tudo pode acontecer”, diz com um sorriso.

“É ganhar ou ganhar”

Depois de um excelente início de campeonato, o FC Rodange 91 foi caindo na tabela classificativa e na segunda volta conquistou apenas oito pontos. Ocupa o 13° e penúltimo lugar da classificação, sinónimo de relegação, situação que o jovem guardião português lamenta: “Na primeira volta as coisas correram bem e ninguém pensava – nem os nossos próprios adversários – que, na última jornada, nos encontraríamos nesta situação. Perdemos pontos em vários jogos de forma infantil e agora estamos a pagar por isso. Por exemplo, com o RM Hamm Benfica, vencíamos por 2-0 e, nos últimos minutos, concedemos o empate de forma incrível. Estes dois pontos, e outros que fomos perdendo em jogos que merecíamos vencer, chegavam para ficar a meio da tabela sem qualquer problema. Mas agora não adianta olhar para trás. Temos de ser realistas e fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para vencer no sábado. Não temos outra solução. É ganhar ou ganhar”, sintetiza.

Sobre a derrota frente ao Fola, por 7-1, na última jornada, João é taxativo: “Ser goleado dói muito. Mas, como já disse, temos de olhar em frente e fazer tudo para vencer o Strassen e esperar que o Fola não perca em Rosport. No futebol, por vezes acontecem surpresas onde menos se espera, só nos resta acreditar. A equipa tem bons jogadores. Já provámos isso neste campeonato, mesmo frente aos candidatos ao título, por isso, acredito que temos todas as possibilidades de conquistar os três pontos frente ao Strassen, senão vai ser uma grande desilusão para todos nós”, alerta.

O sonho de um dia ser profissional

Apesar de estar emprestado pelo Progrès Niederkorn ao FC Rodange 91, e com mais uma temporada por cumprir, João Machado mostra-se ambicioso quanto ao seu futuro. Internacional pela equipa luxemburguesa de sub-19, o jovem guarda-redes, a quem muitos auguram um futuro promissor, revela ao Contacto os seus principais objetivos.

“O meu grande sonho é um dia ser jogador profissional. Quero fazer mais uma ou duas épocas ao mais alto nível no Luxemburgo e, depois, tentar chegar a um clube estrangeiro numa liga mais competitiva e profissional. Sei que tenho ainda muito trabalho pela frente, mas estou bastante determinado em realizar o meu sonho”, sublinha.

Com 19 anos completados recentemente, João Machado fez a sua formação como guarda-redes nas equipas jovens do Progrès Niederkorn, clube que o emprestou esta temporada ao FC Rodange 91. É internacional pelo Grão-Ducado desde os 14 anos.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas