Escolha as suas informações

Ginasta russo suspenso por exibir letra "Z" no pódio ao lado de atleta ucraniano
Desporto 18.05.2022
Guerra na Ucrânia

Ginasta russo suspenso por exibir letra "Z" no pódio ao lado de atleta ucraniano

O ginasta russo Ivan Kuliak (à direita) foi terceiro classificado e exibiu a letra "Z" no pódio ao lado do vencedor ucraniano Illia Kovtun.
Guerra na Ucrânia

Ginasta russo suspenso por exibir letra "Z" no pódio ao lado de atleta ucraniano

O ginasta russo Ivan Kuliak (à direita) foi terceiro classificado e exibiu a letra "Z" no pódio ao lado do vencedor ucraniano Illia Kovtun.
Foto: Twitter
Desporto 18.05.2022
Guerra na Ucrânia

Ginasta russo suspenso por exibir letra "Z" no pódio ao lado de atleta ucraniano

AFP
AFP
O ginasta russo Ivan Kuliak foi suspenso pela Federação Internacional de Ginástica (FIG) por expressar ostensivamente o seu apoio à invasão russa da Ucrânia, anunciou a fundação ética da FIG.

Num evento de ginástica artística em Doha, no Catar, em março, no início do conflito armado na Ucrânia, Ivan Kuliak, 3º classificado no evento de barras paralelas, subiu ao pódio ao lado do vencedor ucraniano Illia Kovtun com uma camisola com a letra "Z" em vez do símbolo da federação do seu país.

O ginasta russo Ivan Kuliak exibiu a letra "Z" em vez do símbolo da federação do seu país.
O ginasta russo Ivan Kuliak exibiu a letra "Z" em vez do símbolo da federação do seu país.
Foto: Twitter

A letra "Z", encontrada em alguns dos tanques e veículos russos na Ucrânia, tornou-se um símbolo de apoio à invasão. "Kuliak não está autorizado a participar em qualquer concurso organizado sob os auspícios da FIG ou de qualquer uma das suas filiais durante um ano a partir da data da decisão", disse a fundação de ética numa declaração esta terça-feira, 17 de maio. 

O ginasta russo tem 21 dias para recorrer da decisão. Além disso, Kuliak vai ter de devolver ainda a sua medalha de bronze e o dinheiro correspondente ao prémio (500 euros).

Alguns dias após o início da invasão russa da Ucrânia, a FIG decidiu proibir os atletas russos e bielorrussos de todas as competições. Na altura da competição, em março, a medida não tinha ainda sido tomada. 

"Se estas medidas que retiram os russos da concorrência ainda estiverem em vigor a 17 de maio de 2023, a suspensão (de Kuliak) continuará e só expirará seis meses após a data do levantamento das sanções", acrescentou a comissão.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas