Escolha as suas informações

Futebol internacional: CR7 a um passo de se tornar no melhor marcador do Real Madrid
Desporto 2 min. 18.09.2015

Futebol internacional: CR7 a um passo de se tornar no melhor marcador do Real Madrid

Para CR7 os recordes são para ser batidos

Futebol internacional: CR7 a um passo de se tornar no melhor marcador do Real Madrid

Para CR7 os recordes são para ser batidos
Fot: AP
Desporto 2 min. 18.09.2015

Futebol internacional: CR7 a um passo de se tornar no melhor marcador do Real Madrid

A menos que aconteça uma 'hecatombe', o futebolista português Cristiano Ronaldo vai selar sábado o que será, provavelmente, o seu mais 'monstruoso' recorde, o de melhor marcador da história do Real Madrid, apenas o 'maior' clube de Mundo.

A menos que aconteça uma 'hecatombe', o futebolista português Cristiano Ronaldo vai selar sábado o que será, provavelmente, o seu mais 'monstruoso' recorde, o de melhor marcador da história do Real Madrid, apenas o 'maior' clube de Mundo.

No Estádio Santiago Bernabéu, frente a um Granada que a época passada 'levou' 9-1 e cinco de 'CR7', Ronaldo vai escrever história, escassos seis anos e 21 dias depois da estreia, a marcar, face ao Deportivo (3-2).

Agora, ao 305° jogo com a camisola 'merengue', Ronaldo, que soma 322 golos, só precisa de um 'bis' para ultrapassar os 323 de Raul González, o ‘mito que faltava, depois de já ter deixado para trás Butragueño, Gento, Hugo Sánchez, Puskás, Santillana ou 'Dom' Alfredo Di Stéfano.

A média de mais de um golo por jogo, do qual só o enorme Puskás se aproximou (242, em 262 jogos), é o 'cartão de visita' do português, de 30 anos, um registo inacreditável, mas bem real, assente em golos atrás de golos e mais golos.

Os 108 jogos em que não conseguiu faturar são um registo que se ‘esfuma’ no facto de ter faturado em 196, sendo em que 86 conseguiu mais do que um: 53 ‘bis’, 28 ‘hat-tricks’, quatro golos em três ocasiões e cinco em duas. O Sevilha, ao qual já marcou 21 golos, é o seu adversário predileto, com o Getafe logo atrás, com 18.

No último lugar do ‘pódio’, seguem ‘ex-equo’ os grandes rivais dos ‘merengues’, o FC Barcelona e o Atlético Madrid, com 15. Entre 2009/10 e 2014/15, foi, nas seis temporadas, sempre o melhor marcador do clube, com um recorde de 61 golos, em 54 encontros, na temporada transata.

Cristiano Ronaldo também marcou mais de um golo por encontro em 2011/12 (60 em 55) e 2013/14 (51 em 47), ficando abaixo apenas na época de estreia, ainda assim com 33 em 35. Na presente temporada, os ‘alarmes’ soaram quando ficou em ‘branco’ nas duas primeiras jornadas e nos dois jogos seguintes, ambos da seleção ‘AA’.

Um ‘re-póquer’ (cinco golos) ao Espanyol e um ‘hat-trick’ ao Shakhtar Donetsk, no espaço de três dias, recolocaram tudo no seu lugar, mostrando que o avançado luso continua com a veia goleadora ‘intocável’.

Cada vez mais no meio, como ponta de lança, e menos nas alas, como extremo, Cristiano Ronaldo está a transformar-se num ‘matador’ puro, deixando a outros – e no Real Madrid há muitos e com qualidade – a missão de criar.

Já na época passada, quase todos os golos do português foram apontados dentro da área e grande maioria necessitando de dar apenas um toque na bola. Na presente, a tendência mantém-se, sendo que já marcou três de penálti, outra especialidade.

- Melhores marcadores da história do Real Madrid:

1. Raul González 323 (741 jogos)

2. CRISTIANO RONALDO, POR 322 (304)

3. Alfredo Di Stéfano 307 (396)

4. Carlos Alonso ‘Santillana’ 290 (645)

5. Ferenc Puskás, Hun 242 (262)

6. Hugo Sánchez, Mex 208 (283)

7. Paco Gento 181 (600)

8. José Martinez ‘Pirri’ 172 (561)

9. Emilio Butreagueño 171 (463)

10. Amancio Amaro 155 (471)


Notícias relacionadas