Escolha as suas informações

Final de futsal na Coque : SC Bettembourg ganha a taça do Luxemburgo e faz história
Desporto 19 4 min. 06.04.2015

Final de futsal na Coque : SC Bettembourg ganha a taça do Luxemburgo e faz história

Desporto 19 4 min. 06.04.2015

Final de futsal na Coque : SC Bettembourg ganha a taça do Luxemburgo e faz história

O SC Bettembourg derrotou esta segunda-feira a ALSS/FC Münsbach por 5-4 e fez história ao conquistar a primeira taça do Luxemburgo de futsal.

O SC Bettembourg derrotou esta segunda-feira a ALSS/FC Münsbach por 5-4 e fez história ao conquistar a primeira taça do Luxemburgo de futsal.

O complexo desportivo da Coque acolheu um grande espectáculo de futsal entre duas das melhores equipas do Grão-Ducado. Após um início algo titubeante, esta final teve momentos de grande espectáculo, acabando por dar razão àqueles que queriam (e tiveram) um campeonato da modalidade federado no Luxemburgo.

Depois do excelente espectáculo de abertura que assinalou a primeira final oficial da taça do Luxemburgo em futsal, as duas equipas iniciaram a partida de forma algo apática praticando um futebol falho de ideias e com muitos passes errados.

Daniel Marques deu o primeiro sinal de perigo à baliza da ALSS/FC Münsbach com um bom remate que Costa defendeu e o mesmo Daniel Marques voltou a criar perigo num livre que Costa voltou a defender.

No espaço de trinta segundos a ALSS/FC Münsbach  responder com remates perigosos  e então foi a vez do guardião do SC Bettembourg manter invioláveis as suas redes.

Depois alguns minutos mornos, acabou por surgir o primeiro golo do encontro, aos nove minutos, por intermédio de Rafael Valente que, perante uma hesitação do guardião Costa, desviou subtilmente de cabeça e inaugurou o marcador.

O jogo ganhou em emoção e trinta saegundos volvidos, Jo Kieffer, de ângulo apertado, rematou ao ângulo superior fazendo um golo de belo efeito. A ALSS/FC Münsbach acusou os dois golos de rajada e levou algum tempo a recompor-se.

Mas numa boa combinação, o capitão Idélson reduziu para 1-2, aos 13 minutos, com um remate cruzado que Moisés nada pôde fazer. O ritmo do encontro voltou a subir e pouco depois Carlos Soares com em excelente trabalho driblou todos quantos lhe apareceram pela frente e ofereceu o golo a Steve Guedes que só teve que empurrar a bola para dentro da baliza, empatando o jogo a duas bolas.

Até ao intervalo, destaque para o falhanço incrível de Staphane Marques (do SC Bettembourg), que na cara do guardião contrário atirou ao lado e para uma grande penalidade falhada por Eric Santos, atirando à barra.

No arranque da etapa complementar, Daniel Marques podia ter marcado, mas isolado frente a Costa não conseguiu marcar. No minuto seguinte, a oportunidade voltou a surgir e Kevin Henriques colocou o SC Bettembourg a vencer por 3-2 com um excelente remate.

A resposta não se fez esperar e no minuto seguinte, Patrick Ferreira igualou a partida (3-3) para as ALSS/FC Münsbach com um violento remate que passou por baixo das pernas de Moisés, para gáudio dos seus muito apaniguados nas bancadas.

A ALSS/FC Münsbach ganhou algum ascendente na partida e passou para a frente do marcador ao minuto 19 com novo golo de Patrick Ferreira, após excelente movimento ofensivo da equipa.

O encontro passou depois por uma fase de parada e resposta com as duas equipas a desperdiçarem algumas ocasiões. Depois, o  jogo aqueceu e os árbitros tiveram que mostrar alguns "amarelos" para acalmar ambos os conjuntos.

UM GOLO QUE MARCOU O JOGO

E quando nada o fazia prever, um "frango" de Sousa - a remate da Ramiro Valente - permitiu o empate a quatro bolas no marcador, decorria então o minuto 32 e o jogo voltou a ganhar grande emoção.

Ao minuto 34, Idélson (da ALSS) falhou na cara de Moisés o 5-4 e na resposta Kevin Henriques, de cabeça, deu o melhor seguimento a um centro da direita após um contra-ataque perfeito, colocando o SC Bettembourg na frente do marcador (5-4).

Nos últimos cinco minutos a ALSS/FC Münsbach tentou chegar ao empate, a trocando em vários momentos o guarda-redes por mais um jogador de campo e podia ter chegado ao empate por diversas vezes. Por seu turno, o SC Bettembourg contra-atacava sempre que podia, eacabou por segurar a preciosa vantagem que lhe permitiu erguer a primeira taça do Luxemburgo em futsal.

André Soares, treinador do SC Bettembourg, considerou esta vitória "suada mas justa". "Foi um grande jogo entre duas grandes equipas. O Público foi fantástico no apoio à equipa. Estou muito feliz, tenho jogadores e dirigentes fantásticos. Obrigado a todos por termos feito história", concluiu.

Domenico Laporta, treinador da ALSS/FC Münsbach, lamentou a derrota e disse que "o joog foi muito equilibrado" e "a vitória poderia ter pendido para qualquer das equipas". Com fair-play endereçou "os parabéns ao adversário" e garantiu que a sua equipa se vai "concentrar no campeonato".

Paul Phillip, presidente da Federação Luxemburguesa de Futebol, disse ter ficado "muito bem impressionado com esta final". "Foi um jogo de grande qualidade entre duas boas equipas. A modalidade está no bom caminho", congratulou-se.

Á. Cruz

Ficha do jogo

Final da taça de futsal na Arena da Coque, em Kirschberg

Árbitros: Félix Pereira e Manuel da Silva

SC Bettembourg: 1 – Soares Valente Moisés (cap), 12 – Michel Vaz da Silva, 15 – Marques Ferreira Daniel, 6 – Michel Pereira Gonçalves, 14 – Jo Kieffer, 4 – Staphane Marques Ferreira, 7 – Kevin Henriques, 10 – Ramiro Soares Valente, 9 – Rafael Soares Valente, 8 – Hugo Filipe Leite Soares, 11 – Lindorfo Couto Pinto, 5 – Eric Santos,

Treinador – André Soares

ALSS/FC Münsbach: 15 – Ferreira da Costa, 4 – Idélson Reis dos Santos (cap), 14 – António Marques, 6 – Adriano Vieira, 10 – Johny, 8 – Steve Guedes, 9 – Ferreira Sousa, 5 – Varela Tavares, 11 – Daniel Perez, 7 – Carlos Soares, 12 – André Wilson, 5 – Dylan Almeida

Treinador – Domenico Laporta

Espectadores - 1012