Escolha as suas informações

Federação Luxemburguesa de Futebol apoia candidatura de Figo à FIFA
Desporto 30.01.2015

Federação Luxemburguesa de Futebol apoia candidatura de Figo à FIFA

Luís Figo agradeceu aos países que já lhe manifestaram o seu apoio

Federação Luxemburguesa de Futebol apoia candidatura de Figo à FIFA

Luís Figo agradeceu aos países que já lhe manifestaram o seu apoio
Desporto 30.01.2015

Federação Luxemburguesa de Futebol apoia candidatura de Figo à FIFA

A candidatura de Luís Figo à presidência da FIFA já  foi subscrita pelas federações de Portugal, Dinamarca, Montenegro, Macedónia, Luxemburgo e Polónia, revelou o ex-futebolista.

Internacional português animado

A candidatura de Luís Figo à presidência da FIFA já  foi subscrita pelas federações de Portugal, Dinamarca, Montenegro, Macedónia, Luxemburgo e Polónia, revelou o ex-futebolista.

"Estou muito feliz por confirmar que as minhas seis subscrições foram entregues à FIFA esta semana antes do prazo. Quero agradecer aos meus colegas e amigos das federações que subscreveram a minha candidatura", começou por dizer Luís Figo, que precisava apenas da assinatura de cinco países filiados na FIFA.

O jogador agradeceu também a "toda a família do futebol mundial" que já manifestou o apoio à sua candidatura, entre eles vários jogadores internacionais como os brasileiros Roberto Carlos, ex-colega do português no Real Madrid, e Romário que considera que “a FIFA é marcada pela irresponsabilidade administrativa” e que Figo “é um grande nome, com ‘chances’ de moralizar” o organismo..

"Foi um grande começo. Os meus agradecimentos a todos os envolvidos", destacou Luís Figo.

Com Luís Figo, concorrem às eleições da FIFA mais cinco candidatos: Joseph Blatter, actual presidente, Michael van Praag, presidente da federação holandesa, o ex-jogador francês David Ginola, o francês Jérôme Champagne, ex-dirigente do organismo, e o príncipe Ali bin Al Hussein da Jordânia, vice-presidente da FIFA.

As eleições decorrem a 29 de Maio, no segundo de dois dias do congresso da FIFA, em Zurique, na Suíça.


Notícias relacionadas