Escolha as suas informações

FC Porto goleia o Desportivo de Chaves

FC Porto goleia o Desportivo de Chaves

Foto: LUSA
Desporto 12.08.2018

FC Porto goleia o Desportivo de Chaves

Os campeões nacionais tiveram uma vitória fácil, por cinco golos sem resposta, sobre os transmontanos. O resultado podia ser ainda mais dilatado. O primeiro remate do Chaves sucedeu aos 67 minutos.

A missão do Chaves parecia muito difícil. Nos últimos 15 anos, das 15 vezes que foram às Antas, perderam todos os jogos.  Da parte dos azuis e brancos não houve grandes novidades em relação ao jogo da Supertaça: a presença de Marius nos 18 eleitos de Sérgio Conceição foi a única novidade apresentada pelo técnico Sérgio Conceição. O dianteiro do Chade ocupa a vaga deixada em aberto por Soares, que ficou de fora devido a lesão. De resto, não se registou qualquer surpresa nos escolhidos para a jornada inaugural da Liga.

Sobre o jogo, praticamente só deu Futebol Clube do Porto. Na primeira parte, os números da goleada portista podiam até ser mais expressivos. Aboubakar, há muito arredado dos golos, bisou e deu outro a marcar e Brahimi, que até esteve condicionado nesta última semana. Destaque igualmente para as duas assistências de Otávio. O Chaves nunca conseguiu ganhar o meio-campo e isso custou-lhe três golos e uma primeira metade sem brilho. 

Na segunda parte, a falta de capacidade do Chaves a meio campo manteve-se e a excelente exibição dos campeões nacionais também.  Aos 71 minutos, o entrado Corona marcou um golo. Perda de bola a meio-campo do Chaves e o mexicano embala em slalom concluindo com um remate à entrada da área que fuzilou Ricardo. 

E aos 88 minutos, Marius que tinha substituido o homem do jogo, Aboubakar, marcou o quinto golo do Porto. Estreia do reforço a marcar. Cruzamento de Maxi Pereira da direita e Sérgio Oliveira executa um pontapé de moinho com a bola a encontrar a cabeça de Marius depois de bater no chão.

De resto só há a registar a expulsão do jogador do Chaves João Teixeira por entrada feia sobre Sérgio Oliveira aos 78 minutos e um eventual penalti não marcado a favor dos donos da casa aos 60 minutos, quando Otávio que fez duas assistências para golo, foi derrubado na área do Chaves por Stephen Eustáquio.

A arbitragem foi de Nuno Almeida e o estádio da Antas registou 46.509 espectadores.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas