Escolha as suas informações

FC Porto bate Marítimo e espera na frente pelo resultado do Benfica
Desporto 2 min. 16.03.2019

FC Porto bate Marítimo e espera na frente pelo resultado do Benfica

FC Porto bate Marítimo e espera na frente pelo resultado do Benfica

Foto: Lusa
Desporto 2 min. 16.03.2019

FC Porto bate Marítimo e espera na frente pelo resultado do Benfica

Alex Telles marcou de penalty já no segundo tempo, Éder Militão e Brahimi ampliaram a vantagem. Madeirenses reduzidos a dez por expulsão de Lucas Áfrico aos oito minutos.

O FC Porto derrotou o Marítimo por 3-0 em jogo relativo à 26ª jornada da Liga portuguesa de futebol, perante 46.413 espectadores, ficando só no comando à espera do resultado do Moreirense-Benfica que se joga este domingo (18:30).

O FC Porto entrou a todo o gás e, logo aos quatro minutos, o árbitro João Capela assinalou penalty contra o Marítimo por alegada mão de Nanú. No entanto, depois de consultar o VAR e ver as imagens do lance, reverteu a decisão e o jogo prosseguiu. Quatro minutos mais tarde, novo lance para Capela reavaliar: o central Lucas Áfrico derrubou Marega quando este corria para a área, o árbitro começou por exibir o cartão amarelo ao defesa, mas, depois de ver as imagens, expulsou-o, deixando os madeirenses com dez elementos.

Foi o médio Renê quem recompôs a estrutura defensiva, passando a atuar como central ao mesmo tempo que a equipa ficava mais limitada nas suas movimentações atacantes. Os portistas exerceram vincada supremacia, embora fossem perdendo ocasiões para marcar com destaque para duas jogadas protagonizadas por Marega (25 e 30 m). Aos 33 minutos, Soares pediu penalty após lance com Renê, o árbitro consultou o VAR e mandou seguir.

Acentuava-se o domínio portista e, nos minutos finais da primeira parte, Charles teve de voar para deter remate de Marega e Herrera acertou na trave, cabendo ainda a Danilo cabecear para golo, mas o lance foi anulado. 

No segundo tempo, Pepe deu lugar a Wilson Manafá, enquanto Renê saiu para a entrada de Jean Cleber, passando Gamboa a jogar como central. A equipa de Sérgio Conceição intensificou a pressão e, quando Soares rematou, levando a bola a embater num braço de Gamboa, João Capela consultou o VAR, assinalou penalty a favor dos anfitriões e Alex Telles inaugurou o marcador (57 m).

Com desvantagem numérica e no marcador, o Marítimo tentou reagir, mas continuaram a pertence aos portistas os lances mais ameaçadores, permanecendo Charles em foco com diveras intervenções difíceis. A 20 minutos do fim, Conceição trocou Otávio por Brahimi e o público aplaudiu. Dois minutos mais tarde, os aplausos foram ainda mais efusivos quando Éder Militão obteve o 2-0 que ainda teve de esperar pelo VAR para ser validado.

Na parte final, o jogo teve de ser interrompido para que o guardião Charles fosse assistido (81 m), Danilo voltou a marcar, mas em posição irregular, Soares ainda atirou ao poste (85 m) e, a um minuto do fim, Brahimi marcou mesmo o 3-0. 

Outros resultados de hoje: V. Setúbal-Sp. Braga, 0-1 (Murilo, 35 m); V. Guimarães-Boavista, 3-1 (Matheus, 7 m, Davdison, 57 m e Pedrão, 70 m; Falcone, 54 m) e Belenenses-Portimonense, 2-2 (Licá, 49 m e Lucca, 67 m; Aylton Boa Morte, 3 m e Jackson Martínez, 18 m).  

Este domingo, além do Moreirense-Benfica, realizam-se ainda os seguintes encontros: Aves-Chaves e Nacional-Rio Ave (ambos às 16:00) e Tondela-Feirense (21:00).

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas