Escolha as suas informações

F91 Dudelange e Etzella vão disputar final da taça do Luxemburgo a 26 de maio
David Turpel marcou dois dos três golos da vitória do Dudelange frente ao Niederkorn.

F91 Dudelange e Etzella vão disputar final da taça do Luxemburgo a 26 de maio

Foto: Christian Kemp
David Turpel marcou dois dos três golos da vitória do Dudelange frente ao Niederkorn.
Desporto 25.04.2019

F91 Dudelange e Etzella vão disputar final da taça do Luxemburgo a 26 de maio

Os campeões em título afastaram o Niederkorn, em casa, enquanto a formação nortista foi ganhar ao terreno do Mertert-Wasserbillig e assegurou também um lugar na final que se disputará no estádio Josy Barthel dia 26 de maio.

No encontro apontado como a final anticipada, o F91 Dudelange, sem ter feito um jogo brilhante, recebeu e venceu o Progrès Niederkorn por 3-1, mostrando-se extremamente eficaz na finalização. Os visitantes entraram bem no jogo, mas à passagem dos 17 minutos,  contra a corrente do jogo, Kevin Malget inaugurou o marcador, de cabeça, na sequência de um pontapé de canto, e colocou a sua equipa a vencer.

O Progrès reagiu e Karapetian esteve prestes a empatar, mas Joubert manteve as suas redes invioláveis. O poste, por duas vezes, e a barra evitaram golos que pareciam certos para o Niederkorn e, como quem não marca acaba por sofrer, a vinte minutos do final, Turpel com um remate cruzado fez o segundo golo do Dudelange, sentenciando a partida bisando aos 78.

O Niederkorn apenas conseguiu marcar o golo de honra, por intermédio de Almeida, a três minutos do fim, e despede-se da taça com um amargo de boca, perante um adversário que se mostrou letal nos momentos decisivos do encontro.

A festa dos jogadores do Etzella, apoós a vitória contra o Wasserbillig.
A festa dos jogadores do Etzella, apoós a vitória contra o Wasserbillig.
Foto: Stéphane Guillaume

Na outra meia final, o Etzella foi vencer o Mertert-Wasserbillig por 3-0, numa demostração de grande realismo. A equipa do escalão secundário desperdiçou duas oportunidades soberanas para marcar e acabou por sofrer o primeiro golo aos 19 minutos, por intermédio de Bidon, jogador que voltou a marcar à meia hora de jogo.

Na segunda parte, o Etzella geriu bem a vantagem e acabou por selar o resultado final com um golo de Arnold, aos 68 minutos, e fez a festa.

Dudelange e Etzella reeditam a final da Taça do Luxemburgo, 15 anos depois, a  26 de maio, no estádio Josy Barthel, a partir das 17h.

 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas