Escolha as suas informações

Fórmula 1: Hamilton ganha na Rússia
Desporto 30.09.2018 Do nosso arquivo online

Fórmula 1: Hamilton ganha na Rússia

Fórmula 1: Hamilton ganha na Rússia

Foto: AFP
Desporto 30.09.2018 Do nosso arquivo online

Fórmula 1: Hamilton ganha na Rússia

Britânico vence prova em que o companheiro Valtteri Bottas recebeu indicação da equipa para o deixar passar se não tinha intenção de atacar o líder na altura. Bottas e Vettel completaram o pódio.

Lewis Hamilton (Mercedes) ganhou o Grande Prémio da Rússia em Fórmula 1, obteve o terceiro triunfo seguido, quinto nas últimas seis corridas, e tornou a dilatar a vantagem no comando do Mundial, uma vez que o principal rival, Sebastian Vettel (Ferrari) foi apenas terceiro, atrás do outro piloto da Mercedes, o finlandês Valtteri Bottas. A prova ficou marcada por uma indicação via rádio da equipa para Bottas, na volta 25 das 53, quando este seguia no segundo lugar atrás de Max Verstappen (excelente recuperação, uma vez que partira do 19º posto): "Se não tens intenção de ultrapassar o líder, deves deixar passar Hamilton", foi a indicação. Hamilton foi agradecer a Bottas no final, mas não festejou como costuma.

Hamilton comanda o Campeonato do Mundo com 306 pontos, seguindo-se Vettel com 256, Bottas com 189 e Raikkonen com 186. Nos Construtores lidera a Mercedes com 495, à frente de Ferrari (442) e Red Bull (292).

Na partida, os dois Mercedes tinham os primeiros lugares e os Ferrari ocupavam a segunda linha da grelha. Vettel procurou superar Hamilton e este tentou ultrapassar Bottas, mas a ordem manteve-se. O finlandês seria o primeiro a ir trocar de pneus (12ª volta), seguindo-se Vettel (14ª) e Hamilton (15ª). No regresso à pista, o britânico ficou logo atrás de Vettel, mas conseguiu superá-lo à 16ª volta, depois de um episódio em que o alemão travou e mudou de trajetória, sofrendo ligeiro toque do Mercedes e justificando investigação dos comissários da FIA. 

Raikkonen liderava, mas foi mudar os pneus à volta 18 e deixou o Red Bull de Max Verstappen na frente, enquanto Bottas era terceiro, Hamilton quarto e Vettel quinto. Porém, à 25ª volta, surgiu a tal indicação da equipa Mercedes que levou o britânico ao segundo posto e, quando Verstappen foi mudar os pneus na volta 44, lhe cedeu o comando qie já não perderia até final.

A próxima prova do Mundial realiza-se no Japão a 7 de outubro.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Hamilton ganha no Japão
Britânico dominou a prova por inteiro, terminando à frente de Bottas e de Verstappen. Vettel, que partiu da nona posição, conseguiu recuperar, mas vários erros e penalizações não lhe permitiram ir além do sexto lugar final.
Hamilton vence em Singapura
Max Verstappen (Red Bull) e Sebastian Vettel (Ferrari) completaram o pódio. Britânico aumenta vantage, no Mundial.
Fórmula 1: Hamilton ganha na Alemanha e volta a liderar o Mundial
Dobradinha da Mercedes com Bottas em segundo, mas vitória do britânico esteve sob investigação por causa de uma manobra e a FIA repreendeu o piloto. Raikkonen (Ferrari) foi terceiro num Grande Prémio marcado pela desistência de Vettel que se despistou na volta 52, numa altura em que começou a chover, quando liderava a prova.
Vettel ganha em Silverstone
Piloto alemão da Ferrari dilatou a vantagem no Mundial sobre Hamilton (Mercedes) que foi segundo, seguindo-se Kimi Raikkonen (Ferrari).