Escolha as suas informações

Esta quinta-feira, em Münsbach : ALSS defronta FC Differdange a pensar na ’dobradinha’
Desporto 20.04.2016

Esta quinta-feira, em Münsbach : ALSS defronta FC Differdange a pensar na ’dobradinha’

Um grande jogo em perspectiva entre duas grandes equipas

Esta quinta-feira, em Münsbach : ALSS defronta FC Differdange a pensar na ’dobradinha’

Um grande jogo em perspectiva entre duas grandes equipas
Foto: Ben Majerus
Desporto 20.04.2016

Esta quinta-feira, em Münsbach : ALSS defronta FC Differdange a pensar na ’dobradinha’

A ALSS / FC Münsbach recebe esta quinta-feira, a partir das 20h, o FC Differdange em jogo da primeira mão da final do ’play-off’ título do campeonato luxemburguês de futebol com o pensamento na ’dobradinha’.

A ALSS / FC Münsbach recebe esta quinta-feira, a partir das 20h, o FC Differdange em jogo da primeira mão da final do ’play-off’ título do campeonato luxemburguês de futebol com o pensamento na ’dobradinha’.

Por Álvaro Cruz

Depois de ter vencido a final da Taça do Luxemburgo precisamente contra o FC Differdange – campeão em título – este encontro reveste-se de uma importância especial para ambas as equipas.

Para Domenico Laporta, responsável da ALSS / FC Münsbach, o objectivo é apenas “a vitória”.

“Conhecemos bem a qualidade da equipa do Differdange e isso ficou provado na final da taça. Sabemos das dificuldades que nos esperam, mas temos sido a equipa mais regular durante o campeonato com um percurso quase imaculado. Por isso, é apenas a vitória nos interessa”, diz com convicção.

“Apesar de termos perdido o segundo jogo frente à US Esch, nas meias-finais, sinto que a equipa está bastante confiante e ciente das suas responsabilidades. Queremos vencer o campeonato para podermos disputar as competições europeias na próxima época. Será um prémio merecido para os meus jogadores e todo o staff que trabalha em prol do clube”, vinca.

Filipe Costa, treinador do FC Differdange, não vê o jogo como uma ’desforra’ da final da taça, mas “como a melhor oportunidade de renovar o título de campeão”.

O treinador português diz que os encontros entre duas das melhores equipas do futsal luxemburguês “vão ser, de certeza, grandes espectáculos, à imagem da final da taça. Neste tipo de jogos, é 50-50. Acredito que a vitória vai ser definida pelos pormenores e, a meu ver, a concentração vai ser a palavra-chave desta final”.

Filipe Costa garante que a sua equipa vai deixar o calculismo de lado e “arriscar tudo” em busca da vitória. “O triunfo sobre o SC Bettembourg deixou claras indicações da excelente forma que a minha equipa atravessa. Por isso, temos todas as razões para estarmos confiantes”, garante p treinador luso que lamenta as ausências de Rocha, Marco Oliveira e Amarildo para a primeira mão da final.


Notícias relacionadas