Escolha as suas informações

Djokovic ganha Masters 1000 de Roma pela quinta vez
Desporto 21.09.2020

Djokovic ganha Masters 1000 de Roma pela quinta vez

Djokovic ganha Masters 1000 de Roma pela quinta vez

Alfredo Falcone/LaPresse via ZUM
Desporto 21.09.2020

Djokovic ganha Masters 1000 de Roma pela quinta vez

O sérvio Novak Djokovic, atual número um do ténis a nível mundial, conquistou hoje o torneio de Roma, no que é já o seu quinto sucesso neste Masters 1000 da capital italiana.

Na final, ganhou ao argentino Diego Schwartzman, com os parciais de 7-5 e 6-3, confirmando razoável forma a uma semana do arranque de Roland-Garros.

Duas semanas depois da desclassificação no Open dos EUA, por um alegado gesto de mau génio - a sua única derrota em 2020 - o sérvio arrecada o 36.º Masters 1000 da carreira, o que é um recorde absoluto, agora sem companhia. Rafael Nadal tem 35.

Em menos de um mês, é o segundo torneio deste escalão em que triunfa, pois já o tinha feito em Cincinnati, torneio este ano deslocalizado para Nova Iorque.

Para Djokovic, trata-se de um regresso aos triunfos em Roma após um hiato de cinco anos, já que depois da vitória de 2015 tinha perdido em 2016, 2017 e 2019. Contas globais feitas, o saldo impressiona, com cinco finais conquistadas e outras tantas perdidas.

Apesar de amplamente favorito, Djokovic tinha algum receio de Schwartzman (15.º mundial), por este ter eliminado Nadal nos quartos de final. E também pela dura batalha que com ele travou, há um ano, no Foro Italico.

Os receios confirmaram-se de início e o argentino ganhou dois serviços ao adversário, perante um 'Djoko' nervoso e impreciso.

A perder por 3-0, o sérvio serenou e fez por cansar mais o adversário, que vinha de uma meia-final dura no sábado (esteve mais de três horas a jogar contra Denis Shapovalov). A frieza e experiência ajudaram a que Djokovic virasse o marcador, em ritmo seguro.

Não era o melhor ténis do líder do ranking, decididamente, com várias bolas mal executadas, o que ia dando esperanças ao argentino, que regressou lutador no segundo 'set'.

Só que nos momentos decisivos 'Djoko' fez a diferença e com um 'break' a 4-3 embalou para a vitória, agora com pouca discussão.

"Foi uma boa semana e mesmo sem jogar o meu melhor ténis, estou satisfeito", disse o tenista sérvio, que agora viaja para Paris, onde está inscrito para Roland-Garros.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas