Escolha as suas informações

Diogo Pimentel, o alentejano que quer ’roubar’ a Taça ao F91 Dudelange
Desporto 2 min. 25.05.2019

Diogo Pimentel, o alentejano que quer ’roubar’ a Taça ao F91 Dudelange

Diogo Pimentel quer fazer história na Taça do Luxemburgo com o Etzella frente ao Dudelange.

Diogo Pimentel, o alentejano que quer ’roubar’ a Taça ao F91 Dudelange

Diogo Pimentel quer fazer história na Taça do Luxemburgo com o Etzella frente ao Dudelange.
Foto: Yann Hellers
Desporto 2 min. 25.05.2019

Diogo Pimentel, o alentejano que quer ’roubar’ a Taça ao F91 Dudelange

Álvaro CRUZ
Álvaro CRUZ
Diogo Zambujo Pimentel foi um dos jogadores mais valiosos da Liga BGL esta temporada. Aos 21 anos, o médio defensivo do Etzella vai disputar no próximo domingo a sua primeira final da taça do Luxemburgo, frente ao F91 Dudelange – grande favorito à vitória – e quer estrear-se com uma vitória na competição.

O médio defensivo nascido em Beja foi uma das reveleções da Liga BGL e um dos jogadores mais valiosos da prova. Quer ganhar a taça frente ao Dudelange, detentor do troféu, e sonha ser jogador profissional para disputar a Liga dos Campeões.

"Todos conhecem a qualidade do Dudelange, individual e coletivamente. Basta lembrar que esta época disputaram a fase de grupos da Liga Europa, mas numa final tudo pode acontecer. Temos de acreditar que é possível. Esta época já fizemos grandes jogos frente a adversários teoricamente mais cotados e conseguimos ganhar. Por isso, acredito que se estivermos concentrados e formos solidários poderemos vencer a Taça do Luxemburgo", afirma com convicção.

Diogo não teve tempo para pensar e ainda menos preparar esta final porque foi apenas na última jornada que o seu clube conseguiu a permanência na Liga BGL. No entanto, garante que esta semana, o trabalho será consagrado à conquista do troféu.

"O final de época tem sido complicado. Depois de uma primeira volta bastante boa, entrámos numa espiral de resultados negativos que colocou em causa a nossa permanência entre a elite. Apesar de termos garantido a presença na final há várias semanas, só no domingo conseguimos assegurar a permanência na Liga BGL, que era o principal objetivo do clube" explica o jogador português nascido em Beja que falou da final com um brilhozinho nos olhos.

"A taça é sempre uma festa. Estar presente no estádio Josy Barthel representa uma boa experiência para qualquer jogador e, se pudermos ganhar, será a cereja no topo do bolo de uma época desgastante, mas bastante positiva", diz com um sorriso.

Diogo foi uma das grandes revelações deste campeonato. O médio defensivo do Etzella chegou ao Luxemburgo em 2011 e começou por jogar no Schieren, tendo-se mudado para Ettelbrück, onde estuda também, nas últimas três temporadas.

"Eu até nem queria vir para o Luxemburgo. Chorei muito, mais agora reconheço que foi uma boa opção de vida. Tenho feito um bom campeonato, mas quero melhorar", garante o jovem que em Portugal jogou no Despertar e no Figueirense.

"Quero ser profissional e jogar ao mais alto nível. Disputar a Liga dos Campeões é um dos meus sonhos. Vou trabalhar muito para tentar chegar a um campeonato mais competitivo e desfrutar da minha paixão que é jogar futebol", concluiu.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.