Escolha as suas informações

Dany Mota convocado para representar seleção portuguesa de futebol
Desporto 2 min. 29.08.2019 Do nosso arquivo online

Dany Mota convocado para representar seleção portuguesa de futebol

Dany Mota.

Dany Mota convocado para representar seleção portuguesa de futebol

Dany Mota.
Foto: Guy Jallay
Desporto 2 min. 29.08.2019 Do nosso arquivo online

Dany Mota convocado para representar seleção portuguesa de futebol

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
O atacante contratado recentemente pela Juventus tem dupla nacionalidade. Depois de abordado para representar o Luxemburgo, preferiu esperar por uma resposta de Portugal, que chegou hoje.

O avançado luso-luxemburguês Dany Mota, contratado recentemente pela Juventus para jogar nos sub-23, é uma das novidades da lista dos 23 convocados para representar a seleção portuguesa de futebol de sub-21.

Nascido em Nierderkorn e formado em Pétange, o jogador de 21 anos tem dupla nacionalidade e tinha sido já abordado para representar a seleção luxemburguesa. Mas Dany Mota preferiu esperar uma resposta da seleção de Portugal, que chegou hoje com a convocatória do selecionador dos sub-21, Rui Jorge.

Dany Mota, que no ano passado marcou 12 golos em 35 jogos ao serviço do Virtus Entella, na série C italiana, é uma das 17 novidades entre os 23 convocados.

Dany Mota em ação no anterior clube Virtus, no jogo contra a Fiorentina, em Itália.
Dany Mota em ação no anterior clube Virtus, no jogo contra a Fiorentina, em Itália.
Foto: Virtus Entella

Em declarações à Agência lusa, o selecionador português de sub-21, Rui Jorge, assumiu hoje a ambição de começar a vencer na qualificação para o Europeu de 2021 da categoria, frente a Gibraltar e Bielorrússia, e de formar uma geração de sucesso.


Dany Mota
Dany Mota é cobiçado pela seleção luxemburguesa
Dany Mota tem 19 anos e nasceu no Grão-Ducado. O futebolista português joga há dois anos em Itália e tem sido cobiçado por vários clubes. O jovem jogador já foi abordado para representar a seleção luxemburguesa, mas o seu coração balança entre Portugal e o Luxemburgo.

“Estamos numa mudança de ciclo, em que poucos jogadores se mantêm e os que chegam devem procurar mostra a sua qualidade para ascender a patamares superiores. Vamos tentar o apuramento para a fase final do Europeu, sabemos da dificuldade, mas queremos mostrar a qualidade dos nossos jogadores para os valorizar e continuar a deixar uma boa imagem, como tem acontecidos nos últimos anos”, disse Rui Jorge.

Sobre os jovens talentos que Portugal tem revelado, muitos deles depois de trabalharem com Rui Jorge, o treinador assumiu que atualmente tem muito mais matéria-prima disponível.

“A realidade hoje é completamente diferente. A mudança nos quadros competitivos permite um crescimento dos jogadores de forma diferente. É inequívoca a maior oferta que temos de jogadores a atuar em patamares superiores”, relevou o selecionador.

Portugal defronta Gibraltar, na quinta-feira, em Alverca, e Bielorrússia, no dia 10 de setembro, em Zhodino, nas duas primeiras partidas desta fase de apuramento e Rui Jorge admitiu que são dois adversários com menos qualidade do que a formação lusa.

“São duas equipas de valor distinto: Gibraltar de um nível mais baixo do que Portugal, mas que respeitaremos, e a Bielorrússia uma formação mais equilibrada mas que não é tida como cabeça de série”, resumiu o técnico, antevendo que a formação das ‘quinas’ “terá de medir forças com equipas bem mais fortes se quer subir a outros patamares”. 

Lista dos 23 convocados:

  • Guarda-redes: Diogo Costa (FC Porto), João Virgínia (Reading, Ing) e Luís Maximiano (Sporting).
  • Defesas: Diogo Leite (FC Porto), Diogo Queirós (Mouscron, Bel), Nuno Tavares (Benfica), Pedro Pereira (Bristol, Ing), Rúben Vinagre (Wolverhampton, Ing), Thierry Correia (Sporting), Tiago Djaló (Lille, Fra) e Tomás Esteves (FC Porto).
  • Médios: Daniel Bragança (Estoril Praia), Domingos Quina (Watford, Ing), Filipe Soares (Moreirense), Florentino (Benfica), Miguel Luís (Sporting), Nuno Santos (Benfica) e Romário Baró (FC Porto).
  • Avançados: Dany Mota (Juventus, Ita), Trincão (Sporting de Braga), Jota (Benfica), Pedro Neto (Wolverhampton, Ing) e Rafael Leão (AC Milan, Ita).

HB com Lusa


Notícias relacionadas

Ainda assim, Hélio Sousa admitiu ser “difícil” não poder contar com Félix na prova que terá lugar na Polónia, entre 23 de maio e 15 de junho, embora revelando estar “satisfeito” por ver o jovem jogador num patamar mais elevado
Avançado benfiquista não vai estar na Polónia ao serviço da seleção portuguesa.
Treinador do Benfica diz que um deslize semelhante ao que os portistas tiveram ontem em Vila do Conde já aconteceu à sua equipa, então com o Belenenses. Já Abel Ferreira quer derrotar os benfiquistas para se manter na luta pelo terceiro lugar com o Sporting.