Escolha as suas informações

Vídeo. Cristiano Ronaldo volta a brilhar com golo da reviravolta do United
Desporto 3 min. 21.10.2021
Liga dos Campeões

Vídeo. Cristiano Ronaldo volta a brilhar com golo da reviravolta do United

Cristiano Ronaldo marcou o golo da reviravolta frente ao Atalanta (3-2), aos 81 minutos, deixando Old Trafford em êxtase.
Liga dos Campeões

Vídeo. Cristiano Ronaldo volta a brilhar com golo da reviravolta do United

Cristiano Ronaldo marcou o golo da reviravolta frente ao Atalanta (3-2), aos 81 minutos, deixando Old Trafford em êxtase.
Foto: Martin Rickett/PA Wire/dpa
Desporto 3 min. 21.10.2021
Liga dos Campeões

Vídeo. Cristiano Ronaldo volta a brilhar com golo da reviravolta do United

AFP
AFP
Cristiano Ronaldo voltou a ser o héroi em Old Trafford, na noite de quarta-feira, ao marcar o golo da vitória do Manchester United por 3-2 frente aos italianos do Atalanta, na Liga dos Campeões, depois de os 'red devils' terem estado a perder por 0-2 ao intervalo.

O Manchester United estava a perder 2-0 e chegava deprimido ao intervalo, mas na segunda parte conseguiu a reviravolta e venceu o Atalanta por 3-2, para mantendo vivas as esperanças na Liga dos Campeões. 

Os três pontos colocam os 'red devils' no topo do Grupo F com seis pontos, dois a mais que Villarreal e Atalanta, enquanto o Young Boys está no quarto lugar com três.

O golo de Cristiano Ronaldo ampliou ainda mais a sua vantagem no topo da tabela de melhores marcadores de sempre da Liga dos Campeões.

Com 137 golos, o português tem mais 14 do que o rival argentino Lionel Messi (123), que marcou duas vezes na vitória do PSG sobre o Leipzig na terça-feira. 

Atrás deles, Robert Lewandoswski (78) e Karim Benzema (73) também melhoraram as suas estatísticas com um golo cada.

A "fúria vermelha" da reviravolta do United

Nunca há um momento aborrecido com este Manchester United e nunca se sabe como vai ser o jogo. Contra o Atalanta, é até estranho pensar que os mesmos onze jogadores que estavam perdidos nos primeiros 45 minutos, depois fizeram uma segunda parte emocionante.

Com jogadores que ainda pareciam estar com pouco ritmo, como Harry Maguire e Marcus Rashford, e outros que gaguejavam o seu futebol, como Bruno Fernandes e Cristiano Ronaldo, era difícil ver como o United daria a volta ao 0-2 após o intervalo. 

Cristiano Ronaldo voltou a ser o herói do jogo com o golo da vitória.
Cristiano Ronaldo voltou a ser o herói do jogo com o golo da vitória.
Foto: AFP

 O 'diabo vermelho' mais perigoso na primeira metade tinha sido Fred, com duas hipóteses claras (20' e 44'), enquanto Rashford acertou na barra numa altura em que vem de uma lesão, numa hipótese que provavelmente teria convertido no ano passado. 

Ole Gunnar Solskjaer tinha decidido sacrificar Paul Pogba para tornar o seu meio-campo mais denso com o par Fred-Scott McTominay num pivô duplo. Mas os italianos, muito realistas, rapidamente encontraram o avanço após um duplo à direita e um cruzamento de Davide Zappacosta chegando a Mario Pasalic deixado sozinho nos seis metros por McTominay (1-0, 15'). 

Menos de um quarto de hora depois, Merih Demirai teve um golo demasiado fácil a partir de um canto para aumentar a vantagem com uma cabeçada (2-0, 28'). 

E apesar das dúvidas recorrentes sobre o treinador Solskjaer, ele foi capaz de revigorar a sua equipa durante o intervalo e não lhe falta qualidade: de repente, os passes de Fernandes tornaram-se pontos de referência, as corridas de Ronaldo, os remates no alvo...

Ronaldo levou Old Trafford à loucura com o golo da reviravolta.
Ronaldo levou Old Trafford à loucura com o golo da reviravolta.
Foto: AFP

 CR7 falhou uma oportunidade que normalmente não falha, no um a um com o guarda-redes ao minuto 49', mas três minutos depois, o belo pé interior de Rashford, depois de um passe incrível de Fernandes, deu esperança e acordou Old Trafford (2-1, 52'). 

O poste salvou o Atalanta de um golo de McTominay (58'), Juan Musso realizou um pequeno milagre em frente a Ronaldo (64') após outra brilhante combinação, mas nada poderia conter a "fúria vermelha" do United.

Solskjaer montou um trio com Paul Pogba, Edinson Cavani e Jadon Sancho, mas foi o 'Capitão Maguire' que converteu um remate de cabeça do uruguaio no poste mais afastado para o golo do empate (2-2, 75'), faltando 15 minutos para o fim do jogo.

Musso mal teve tempo de respirar após salvar a sua equipa novamente no frente a frente com Bruno Fernandes (80'), quando um cruzamento teleguiado de Luke Shaw encontrou a cabeça de Ronaldo para o êxtase dos adeptos no estádio (3-2, 81'), tal como havia feito nos descontos contra o Villarreal no jogo anterior.

A celebração de CR7 e os companheiros de equipa após o golo da reviravolta.
A celebração de CR7 e os companheiros de equipa após o golo da reviravolta.
Foto: Martin Rickett/PA Wire/dpa

A vitória também é uma grande lufada de ar fresco para Soslkjaer, já que o próximo visitante do 'Theatre of Dreams' será o Liverpool no domingo, em encontro da Premier League.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas