Escolha as suas informações

Covid-19. Liga portuguesa de futebol aponta regresso a 4 de junho
Desporto 13.05.2020

Covid-19. Liga portuguesa de futebol aponta regresso a 4 de junho

Covid-19. Liga portuguesa de futebol aponta regresso a 4 de junho

Foto: DR
Desporto 13.05.2020

Covid-19. Liga portuguesa de futebol aponta regresso a 4 de junho

Lusa
Lusa
Regresso da competição está envolto em polémica após o presidente do Marítimo ter criticado o parecer técnico da Direção-Geral da Saúde sobre as condições da retoma. Há vários casos de covid-19 confirmados na I liga.

A Liga portuguesa de futebol, suspensa desde 12 de março, deverá regressar a 4 de junho, quando se disputar a 25.ª jornada, anunciou esta terça-feira a Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

"Por forma a garantir que são rigorosamente vistoriados os estádios e realizados os testes médicos a todos os profissionais envolvidos nos jogos e na respetiva organização, está apontada a data de 04 de junho de 2020 para o primeiro jogo da 25.ª jornada da Liga NOS", anunciou o organismo em comunicado.

O FC Porto lidera com 60 pontos, mais um do que o Benfica, segundo, enquanto o Sporting de Braga é terceiro com 46. A Liga recordou que "ao longo dos últimos dias" as várias entidades têm levado a cabo "sucessivas reuniões de alinhamento" para que a retoma "possa acontecer em segurança e com todas as medidas de proteção que mitiguem os riscos do regresso à atividade".

Depois, segue-se "uma fase de vistorias para apuramento dos estádios que efetivamente cumprem os requisitos definidos naquele parecer técnico".


Covid-19. Treinador do Marítimo questiona parecer da DGS e critica governantes
"Numa leitura de interpretação rápida, tem lá coisas que, em bom português, não tem pés nem cabeça", disse José Gomes num debate promovido nas redes sociais do clube.

No domingo, a Direção-Geral da Saúde (DGS) emitiu o parecer técnico sobre as condições do regresso da Liga à competição, no seguimento da decisão do governo de 30 de abril, quando o executivo enquadrou esta competição profissional como uma das atividades autorizadas ao desconfinamento.

Um parecer que foi criticado pelo treinador do Marítimo (ver caixa ao lado) ao mesmo tempo que foram registados vários casos positivos de covid-19 na I Liga, em vários clubes.

"Antecipa-se que este trabalho conjunto da DGS, da FPF e da Liga Portugal sirva de modelo para a retoma de outras atividades económicas, pretendendo-se que esta competição profissional forneça um exemplo das boas práticas que esta pandemia nos impõe", conclui o organismo.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.