Escolha as suas informações

Bruno de Carvalho expulso de sócio do Sporting
Desporto 06.07.2019

Bruno de Carvalho expulso de sócio do Sporting

Bruno de Carvalho expulso de sócio do Sporting

Foto: Lusa
Desporto 06.07.2019

Bruno de Carvalho expulso de sócio do Sporting

O ex-presidente do Sporting Bruno do Carvalho viu hoje confirmada a sua expulsão de sócio do clube, na Assembleia Geral que se realizou hoje no Pavilhão João Rocha, com 69,37% dos votos favoráveis à exclusão. O Conselho Fiscal e Disciplinar do clube decidiu ainda aplicar a mesma pena a Alexandre Godinho, enquanto que Carlos Vieira e Luís Gestas foram suspensos por 9 e 6 meses, respetivamente.

Numa reunião magna convocada para votar os recursos de Bruno de Carvalho e do antigo vice-presidente Alexandre Coutinho, a maioria dos 5.190 sócios que votaram validaram a decisão.

Ainda no âmbito do processo instaurado pela Comissão de Fiscalização, Rui Caeiro foi punido com uma repreensão registada, enquanto Luís Roque e José Quintela acabaram por ver os respetivos processos serem arquivados. 

O relatório final indica que "os sócios visados praticaram múltiplas e gravíssimas infrações disciplinares", sendo que o Conselho Fiscal e Disciplinar aplicou a sanção de expulsão após "os factos praticados, em acumulação, com premeditação", terem levado a "relevantíssimos danos de imagem, moral e patrimonial, com dolo direto muito intenso, com liberdade, consciência e conhecimento da ilicitude por Bruno de Carvalho e Alexandre Godinho". "Assumiram uma gravidade, uma ilicitude e uma censurabilidade tão grandes e elevadas que apenas se coadunam com a aplicação concreta da sanção mais grave prevista nos diplomas legais", justifica.

A expulsão de associado do Sporting não é um procedimento irreversível, uma vez que os estatutos do clube de Alvalade contemplam a possibilidade de recuperar aquela condição, mediante a aprovação por maioria de dois terços, em assembleia geral convocada para esse efeito.

Assim, foi deliberado pelo Conselho Fiscal e Disciplinar aplicar as seguintes sanções:

- O Sócio Visado Bruno de Carvalho foi punido com a sanção de Expulsão;

- O Sócio Visado Alexandre Godinho foi punido com a sanção de Expulsão;

- O Sócio Visado Carlos Vieira foi punido com a sanção de Suspensão por nove meses;

- O Sócio Visado Luís Gestas foi punido com a sanção de Suspensão de seis meses;

- O Sócio Visado Rui Caeiro foi punido com a sanção de Repreensão Registada.

Mais foi deliberado arquivar os autos quanto aos sócios visados:

- Luís Roque;

- José Quintela.

Recorde-se que este processo foi instaurado pela Comissão de Fiscalização, tendo sido notificada a nota de culpa aos sócios visados a 23 de agosto de 2018.

Refira-se que os sócios visados Bruno de Carvalho e Alexandre Godinho não contestaram a nota de culpa.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.