Escolha as suas informações

Bettel. "O Luxemburgo não está a fazer boicote político aos Jogos Olímpicos"
Desporto 04.02.2022 Do nosso arquivo online
Pequim2022

Bettel. "O Luxemburgo não está a fazer boicote político aos Jogos Olímpicos"

Pequim2022

Bettel. "O Luxemburgo não está a fazer boicote político aos Jogos Olímpicos"

Anouk Antony
Desporto 04.02.2022 Do nosso arquivo online
Pequim2022

Bettel. "O Luxemburgo não está a fazer boicote político aos Jogos Olímpicos"

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
O Grão-Duque Henri está em Pequim para a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos, mas não irá nenhum membro do governo Luxemburguês.

Na conferência de imprensa desta sexta-feira, para além do anúncio do alívio das medidas sanitárias em vigor no Grão-Ducado, o primeiro-ministro, Xavier Bettel, teve ainda oportunidade de falar sobre a posição do Luxemburgo em relação aos Jogos Olímpicos de Pequim, que arrancam nesta sexta-feira, 4. 

Bettel garantiu que o país "não está a fazer boicote político ao Jogos Olímpicos", apesar de não haver representantes do Governo. Por outro lado, o Grão-Duque Henri está em Pequim para a cerimónia de abertura dos Jogos olímpicos e "é importante a sua presença", ressalvou o primeiro-ministro. 

Bettel disse ainda que "há sempre questões de direitos humanos e de ambiente" e o Grão-Duque "está pronto a responder a perguntas caso sejam colocadas". 

Vários países, como Portugal, o Reino Unido, Estados Unidos, Canadá ou a Austrália anunciaram um boicote diplomático aos Jogos de Pequim, sem prejudicar a participação dos atletas desses países, para denunciar alegadas violações dos direitos humanos na China.  


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

As declarações foram feitas pelo presidente da organização, Thomas Bach, na véspera da abertura de Pequim, depois de os Estados Unidos terem apelado a um boicote diplomático aos Jogos de Inverno devido à situação dos direitos humanos no país.