Escolha as suas informações

Benfica derrota Vitória de Setúbal
Desporto 3 min. 14.04.2019

Benfica derrota Vitória de Setúbal

João Félix a festejar o golo com Pizzi e com o seu irmão, Hugo Félix.

Benfica derrota Vitória de Setúbal

João Félix a festejar o golo com Pizzi e com o seu irmão, Hugo Félix.
Foto: Lusa
Desporto 3 min. 14.04.2019

Benfica derrota Vitória de Setúbal

Equipa da Luz impôs-se por 4-2.

O Benfica derrotou o Vitória de Setúbal por 4-2 em jogo relativo à 29ª jornada da Liga portuguesa de futebol perante 56.463 espectadores, voltando à liderança da prova em igualdade pontual com o FC Porto.

Os benfiquistas tiveram início auspicioso e, logo aos 62 segundos, Rafa inaugurou o marcador, na sequência de cruzamento efetuado por João Félix, num desvio em que a bola ainda bateu no poste direito antes de entrar. 

A madrugadora vantagem deu ainda mais ânimo à construção ofensiva dos anfitriões que se instalaram no meio campo contrário, ameaçando a baliza sadina por diversas vezes. Mas só aos 26 minutos, quando João Félix tentava visar as redes e a bola foi intercetada pela mão direita de Ruben Micael dentro da área, surgiu uma oportunidade flagrante de golo, uma vez que Rui Costa, chamado à atenção pelo próprio João Félix e depois de consultar as imagens por indicação do VAR, assinalou penalty. Pizzi foi chamado à conversão, mas o guarda-redes georgiano Makaridze superiorizou-se ao médio da Luz.

A falha da marca dos 11 metros não pareceu intranquilizar o Benfica que, logo a seguir, forçou excelente defesa de Makaridze com o pé direito após remate de Rafa dentro da área (31 m). Cinco minutos mais tarde, Rafa marcou mesmo, chegando aos 12 golos na prova, depois de Vasco Fernandes ter perdido a bola na intermediária e de João Félix ser rápido a desmarcar Rafa na esquerda da grande área para uma conclusão sem mácula. Porém, não demorou muito tempo até que o Vitória reduzisse: magnífico túnel de Hildeberto a Ferro, passe para Rúben Micael no interior da área, este tocou para trás deixando em Nuno Valente que, fugindo à tentativa de desarme de Rúben Dias, atirou forte para o golo setubalense (39 m).

Nos minutos finais da primeira parte, o Vitória não só sacudiu a pressão como tentou desestabilizar o adversário, rondando a baliza de Vlachodimos com insistência mas sem pontaria.

No segundo tempo, os setubalenses mantiveram-se dinâmicos, dificultando a tarefa à equipa de Bruno Lage. No entanto, aos 56 minutos, Florentino cortou uma tentativa de saída do Vitória para o ataque, a bola ficou para Pizzi que correu alguns metros pelo lado direito, centrou para a área e João Félix apareceu em corrida a rematar de primeira para o 3-1. Depois, o jovem correu para trás da baliza e foi festejar com um dos apanha-bolas, no caso o seu próprio irmão, Hugo Félix. 

Mesmo depois de sofrer o terceiro golo, o Vitória não deixou de ser combativo e Hildeberto, com fabuloso remate em jeito, testou a elasticidade de Vlachodimos que foi obrigado a voar para defender (63 m). No minuto seguinte, o técnico Sandro operou duas substituições (Hildeberto e Nuno Valente por Zequinha e Sekgota), mas foi o Benfica que voltou a marcar, através de Seferovic, à passagem do minuto 77: Pizzi serviu Seferovic na área, este dominou, voltou-se, atrasou para Rafa, esperou pela devolução em posição legal, dominou a bola e rematou com o pé esquerdo para o 19º golo como líder dos marcadores na Liga.

Ruben Micael foi rendido por Tiago Castro, João Félix deu lugar a Taarabt e Rúben Dias, ao acertar com a mão esquerda em Vasco Fernandes dentro da área, foi punido com cartão amarelo e o árbitro assinalou penalty, cabendo a Cádiz reduzir para 4-2 (87 m). Logo de seguida, Jonas rendeu Seferovic e esteve perto de marcar, num golpe de cabeça que passou perto do poste direito após centro de Taarabt. Já nas compensações, Rafa saiu e entrou Jota. 

Restantes resultados de hoje: Sp. Braga-Tondela, 3-0; Marítimo-Feirense, 2-0; Rio Ave- V. Guimarães, 2-1 e Boavista-Nacional, 1-0. 

A próxima jornada terá jogos em três dias diferentes: dia 19 - Tondela-Boavista e Vitória de Setúbal-Portimonense (ambos às 16:30); Nacional-Sporting (19:00) e Vitória de Guimarães-Desportivo das Aves (21:30); dia 20 - Belenenses-Rio Ave e Moreirense-Desportivo de Chaves (os dois às 16:30); Feirense-Sp. Braga (19:00) e FC Porto-Santa Clara (21:30); dia 22 - Benfica-Marítimo (21:15). 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas