Escolha as suas informações

Neemias Queta é o primeiro jogador português a jogar na NBA
Desporto 30.07.2021
Basquetebol

Neemias Queta é o primeiro jogador português a jogar na NBA

Basquetebol

Neemias Queta é o primeiro jogador português a jogar na NBA

Desporto 30.07.2021
Basquetebol

Neemias Queta é o primeiro jogador português a jogar na NBA

Lusa
Lusa
Neemias Queta foi selecionado pelos Sacramento Kings para entrar na NBA e é o primeiro jogador português a pisar os pavilhões da melhor liga do basquetebol do mundo.

“Mal posso esperar por ir para Sacramento. Vamos, Kings!”, escreveu o internacional luso, de 22 anos, na sua conta oficial na rede social Instagram, numa publicação acompanhada de duas fotos em que surge com fato de cerimónia.

Neemias Queta, poste de 2,13 metros, foi o nono jogador a ser escolhido na segunda ronda do ‘draft’ da NBA e, tudo indica, vai iniciar a carreira profissional na mesma cidade em que ‘brilhou’ Ticha Penicheiro, nas Sacramento Monarchs (1998 a 2009).

Depois de três épocas na Universidade de Utah State, o jogador natural do Barreiro, onde nasceu em 13 de julho de 1999, vai para uma equipa que em 2020/21 terminou a fase regular no último lugar da Divisão Pacífico, com 31 vitórias e 41 derrotas.

Este registo valeu apenas o 12.º lugar da Conferência Oeste, pelo que os Kings falharam o ‘play-in’ – para os 10 primeiros -, ficando apenas à frente de Minnesota Timberwolves (23 triunfos), Oklahoma City Thunder (22) e Houston Rockets (17).

Sob o comando de Luke Walton, o conjunto de Sacramento teve no base De’Aaron Fox o seu elemento mais produtivo, com 25,2 pontos de média, aos quais acrescentou 7,2 assistências, 3,5 ressaltos e 1,5 assistências.

O melhor ressaltador foi o poste Richaun Holmes, com 8,3 de média, sendo também o ‘rei’ nos desarmes de lançamento, com 1,6, sendo que o base/extremo Buddy Hield, o extremo Harrison Barnes e o extemo/poste Malvin Bagley III.

Além de Neemias Queta, os Sacramento Kings também escolheram no ‘draft’ o base Damion Mitchell, da Universidade de Baylor, na nona posição global.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.