Escolha as suas informações

Atleta holandês morre após completar Meia Maratona de Lisboa no domingo
Desporto 09.05.2022
Meia Maratona de Lisboa

Atleta holandês morre após completar Meia Maratona de Lisboa no domingo

Meia Maratona de Lisboa

Atleta holandês morre após completar Meia Maratona de Lisboa no domingo

Desporto 09.05.2022
Meia Maratona de Lisboa

Atleta holandês morre após completar Meia Maratona de Lisboa no domingo

Lusa
Lusa
Um atleta holandês que participou na Meia Maratona de Lisboa, no passado domingo, morreu após a prova, anunciou a organização, sem mais detalhes quanto às circunstâncias do óbito.

“O Maratona Clube de Portugal [que organiza a prova] recebeu com profunda tristeza a notícia do falecimento de um atleta de nacionalidade neerlandesa, após a realização da Meia Maratona de Lisboa”, pode ler-se numa nota de pesar  divulgada no domingo pelos organizadores.

O Maratona endereça ainda “as mais sinceras condolências à família do atleta”. Segundo explicou à Lusa fonte da organização, registou-se outra situação médica com gravidade, mas a pessoa afetada encontra-se estável, numa prova marcada pelo calor que se fazia sentir na capital do país.

A etíope Tsehay Gemechu Beyan repetiu no domingo a vitória de 2021 na prova feminina da meia maratona de Lisboa, com o queniano Kenneth Kiprop Renju a sagrar-se campeão na corrida masculina.

Tsehay Gemechu Beyan repetiu o triunfo de 2021, com um tempo de 1:06.44 horas, apenas menos dois segundos do que a queniana Brigid Kosgei (1:06.46), recordista mundial da maratona, com a etíope Goytitom Teklezgi a ser terceira, em 1:07.11.

Na prova masculina, Kenneth Kiprop Renju venceu em 1.00.13 horas, numa corrida feita quase em solitário, com o etíope Huseydin Mohamed Esa a ser segundo em 1:01.00, seguido do queniano Elvis Kipchoge Cheboi, em 1:01.03.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.