Escolha as suas informações

Após empate (1-1) frente à Islândia: Adeptos portugueses no Luxemburgo mantêm confiança na selecção
Jovens adeptos portugueses e islandeses convideram com 'fair-play' na Place de la Constituition, no Luxemburgo

Após empate (1-1) frente à Islândia: Adeptos portugueses no Luxemburgo mantêm confiança na selecção

Foto: Paulo Dâmaso
Jovens adeptos portugueses e islandeses convideram com 'fair-play' na Place de la Constituition, no Luxemburgo
Desporto 7 2 min. 14.06.2016

Após empate (1-1) frente à Islândia: Adeptos portugueses no Luxemburgo mantêm confiança na selecção

“Não é por causa de um resultado menos bom que vamos desanimar”. O desabafo foi de Pedro, um jovem adepto português, imigrante no Luxemburgo, esta terça-feira, após o empate (1-1) entre as selecções de Portugal e da Islândia, em jogo referente à primeira jornada do grupo Grupo F, do Euro 2016 de futebol, que decorre em França.

“Não é por causa de um resultado menos bom que vamos desanimar”. O desabafo foi de Pedro, um jovem adepto português, imigrante no Luxemburgo, esta terça-feira, após o empate (1-1) entre as selecções de Portugal e da Islândia, em jogo referente à primeira jornada do grupo Grupo F, do Euro 2016 de futebol, que decorre em França.

No Luxemburgo, a Place de la Constituition, no coração da capital do país, é por estes dias o “estádio” de todas as emoções. Esta noite, várias dezenas de imigrantes portugueses juntaram-se para apoiar a selecção mas nem tudo correu bem: o resultado em campo (empate a uma bola) não foi o que os adeptos lusos ambicionavam.

O ambiente estava montado para uma festa total: ecrã gigante, comida, bebida, adeptos entusiastas e muita juventude.

De cachecóis, bonés, lenços, vuvuzelas e bandeiras de Portugal, cedo começaram a chegar os primeiros adeptos. Daniel Oliveira, de Diekirch, veio com um grupo de amigos até à capital para “puxar” pela selecção portuguesa. “Ver um jogo aqui, rodeado de amigos e de muitos portugueses tem um gosto especial. Estamos a jogar em casa”, disse, ao CONTACTO, o jovem de 19 anos.

Apesar do resultado “menos positivo” desta noite, Daniel Oliveira acredita que este “é o Europeu de Portugal”. “Vamos defrontar a França na final e vencer os gauleses. Temos uma equipa jovem e com bons valores individuais capazes de fazer a diferença”, enfatizou o jovem.

Bruno Alves, de 20 anos, partilha da mesma opinião. “Teria feito outras escolhas (jogadores) mas o importante é estarmos unidos e acreditar que poderemos chegar à final”, rematou o jovem de Walferdange.

O jogo até começou bem, com o público a gritar “Portugal, Portugal”. Antes, aquando do hino nacional português, a emoção fez-se sentir, junto ao monumento da “Gella Frä”. “O coração bate mais forte nestas ocasiões”, justificou Bruno Alves.

“É um orgulho enorme ser português”, reforçou Daniel Oliveira ao som de “A Portuguesa”.

Golo de Nani fez explodir emoções

Com o início do jogo e o passar dos minutos, o optimismo esvaia-se no rosto dos adeptos. Começava-se a roer unhas. Os cigarros eram o antídoto para os nervos. Até que à passagem dos 30 minutos de jogo a Place de la Constituition “explodiu” de alegria com o golo de Nani, que dava vantagem magra a Portugal, por 1-0.

Os sorrisos voltaram à cara dos adeptos portugueses enquanto os poucos (mas alguns) islandeses presentes anteviam o pior (talvez o início de uma goleada), que acabaria por não acontecer.

A Islândia, em estreia absoluta numa fase final de um Europeu de futebol, não acusou o golo e “partiu para cima” da equipa das “quinas”. Chegou mesmo ao empate por intermédio de Bjarnason, que aos 50 minutos gelou 11 milhões de portugueses.

As entradas de Renato Sanches e de Quaresma foram bastante aplaudidas no “estádio” montado na capital luxemburguesa e, nos instantes finais, os adeptos portugueses ainda acreditaram no golo da vitória. Portugal dispôs de dois livres perto da grande área da Islândia no último minuto de jogo mas Cristiano Ronaldo não concretizou. “Não faz mal. Ainda temos dois jogos pela frente”, gritou um dos adeptos.

Portugal volta a entrar em campo no próximo sábado (18), pelas 21h (hora luxemburguesa) e os portugueses prometem continuar a apoiar a selecção.

Paulo Dâmaso

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Euro2016: Adeptos portugueses no Luxemburgo com emoções ao rubro
Os adeptos portugueses que esta noite acompanharam o jogo entre Portugal e a Hungria (3-3), na Place Guillaume II, na cidade do Luxemburgo, explodiram de alegria mal terminou o encontro que ditou a qualificação da selecção das ‘quinas’ para os oitavos-de-final do Euro2016, onde irá defrontar a Croácia.