Escolha as suas informações

"Amo o futebol". Cristiano Ronaldo novamente premiado pela FIFA
Desporto 2 min. 18.01.2022
Futebol

"Amo o futebol". Cristiano Ronaldo novamente premiado pela FIFA

Futebol

"Amo o futebol". Cristiano Ronaldo novamente premiado pela FIFA

Foto: Harold Cunningham/AFP
Desporto 2 min. 18.01.2022
Futebol

"Amo o futebol". Cristiano Ronaldo novamente premiado pela FIFA

Lusa
Lusa
"Trabalho muito desde os 18 anos. Amo o futebol, tenho paixão, e quero continuar", afirmou o português que foi novamente incluído no 'onze ' do ano da FIFA.

O português Cristiano Ronaldo recebeu na seginda-feira à noite um Prémio Especial da FIFA pelos 115 golos pela seleção nacional. O melhor jogador do mundo explicou que o sucesso nos últimos anos se deve a manter "a paixão pelo futebol" desde o início.

"É muito bonito", disse o avançado do Manchester United, sobre o troféu que lhe foi apresentado pelo presidente da FIFA, Gianni Infantino, já depois do anúncio do prémio The Best, ao polaco Robert Lewandowski (do Bayern Munique).

Ronaldo, que também integrou o 'onze' do ano da FIFAPro, ao lado do também luso Rúben Dias (Manchester City), foi agraciado pelos 115 golos internacionais, um recorde no futebol masculino, depois de a canadiana Christine Sinclair ter recebido um igual, pelos 188 tentos no futebol feminino.

"Agradeço a todos os meus colegas de equipa, especialmente na seleção, pelos últimos 20 anos em que representei o meu país. O recorde era de 109 [do iraniano Ali Daei]. Estou muito orgulhoso por receber este prémio de uma organização que respeito muito", declarou na cerimónia que decorreu em Zurique, na Suíça.

Questionado sobre o segredo do sucesso continuado, explicou que se deve à manutenção da "paixão pelo jogo". "Quando entro em campo, para treinar, para jogar, ainda desfruto, e a motivação está lá. Vou ter 37 anos em breve, mas continuo a sentir-me bem e motivado. Trabalho muito desde os 18 anos. Amo o futebol, tenho paixão, e quero continuar", atirou.

Este "sonho", pelo qual agradeceu à família, vai continuar, espera, "mais quatro ou cinco anos". "É uma questão mental, porque fisicamente se se tratar bem o corpo, o corpo devolve", comentou.


Lewandowski novamente eleito o melhor jogador da FIFA
O avançado polaco Robert Lewandowski venceu pelo segundo ano consecutivo o prémio de melhor futebolista da FIFA, batendo na eleição de 2021 o argentino Lionel Messi e o egípcio Mohamed Salah.

A gala da FIFA, ainda marcada pela pandemia de covid-19, com a maioria dos convidados ligados por via telemática, coroou o polaco Robert Lewandowski e a espanhola Alexia Putellas (FC Barcelona) como melhores de 2021.

Português Rúben Dias no 'onze' do ano

Em relação ao 'onze', numa 'estranha' tática 3-3-4, Ronaldo, que não falha a equipa do ano desde 2007, partilha o ataque com Haaland, Lewandowski, eleito o 'The Best', e o argentino Lionel Messi, também 'omnipresente' há 14 anos, enquanto o estreante Rúben Dias é acompanhado na defesa por Alaba e Bonucci.

Os restantes membros da equipa de 2021 são o guarda-redes Donnarumma - que na eleição para o guarda-redes do ano foi batido pelo senegalês Édouard Mendy -, e os médios Kevin De Bruyne, Jorginho e Kanté.

A equipa será 'orientada' pelo alemão Thomas Tuchel, do Chelsea, que foi eleito o técnico do ano.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Cristiano Ronaldo foi na segunda-feira distinguido com o prémio de melhor jogador de 2014 durante a cerimónia dos “Globe Soccer Awards’, no Dubai. No dia seguinte, terça-feira, foi igualmente eleito o melhor futebolista do mundo de 2014 pela revista World Soccer, galardão que lhe foi entregue pelo segundo ano consecutivo.