Escolha as suas informações

ALSS está na final, RAF Team mantém-se entre a elite
Apesar da vitória da US Esch, a ALSS / FC Münsbach garantiu um lugar na final

ALSS está na final, RAF Team mantém-se entre a elite

Foto: Pedro Cunha
Apesar da vitória da US Esch, a ALSS / FC Münsbach garantiu um lugar na final
Desporto 15.04.2016

ALSS está na final, RAF Team mantém-se entre a elite

Apesar da derrota (5-7) em casa frente à US Esch, a ALSS / FC Münsbach 'carimbou' a presença da final, enquanto o RAF Team venceu o Sparta(9-5) tal como na primeira mão e garantiu a presença entre a elite do futsal do Luxemburgo.

Apesar da derrota (5-7) em casa frente à US Esch, a ALSS / FC Münsbach 'carimbou' a presença da final, enquanto o RAF Team venceu o Sparta(9-5) tal como na primeira mão e  garantiu a presença entre a elite do futsal do Luxemburgo.

Numa primeira parte a formação de Esch apresentou-se metódica e concentrado e foi com naturalidade que chegou ao intervalo com uma vantagem de cinco golos.

Na segunda parte a ALSS / FC Münsbach reagiu e o jogo transfigurou-se com muitos golos a serem obtidos no fim do encontro. A US Esch venceu por 7-5, mas não foi o suficiente para contrariar o resultado da primeira mão de 12-2 a favor da ALSS.

Paulo Ferreira, técnico do  Münsbach, reconheceu que a US Esch esteve muito forte no ataque adiantando que "na segunda parte tínhamos que marcar golos e salvaguardar a vantagem do primeiro jogo, conseguimos evitar males maiorese agora garantimos a presença na tão desejada final".

No outro jogo da noite, no Centre Sportif de Oberkorn, a contar para o play-off permanência, o RAF Team Differdange recebeu e venceu o Sparta Dudelange por 9-5. 

RAF Team permanece entre a elite do futsal

O encontro foi marcado por muitos golos, com muitas transições e boas oportunidades proporcionando um excelente espectáculo de futsal ao público presente no pavilhão.

Ao intervalo registava-se o score de 5-1 favorável à equipa da casa, mas ambas as equipas procuraram sempre o golo e com isso atingir os seus objectivos desportivos.

Para Rui Pedro, técnico do Sparta, o jogo foi  "um 'mata-mata' típico. O RAF foi mais sólido na primeira parte e nós acabamos por não acertar na finalização. É uma noite triste pois não esperávamos este desfecho".

Por seu lado, o presidente do RAF Team Differdange, Aguiar Paulo, felicitou o adversário, mas focou o seu discurso na sua equipa: "Foi um jogo de grande emoção. A nossa equipa e em particular o treinador estão de parabéns! O RAF está a crescer e vai dar muito que falar na próxima época", concluiu.

Pedro Cunha


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas